Acúmulo

Acúmulo Felipe Cruz


Compartilhe


Acúmulo





Livro de poesias do escritor paraense Felipe Cruz, resultado do Prêmio Max Martins (2014) na categoria Poesia, organizado pelo Instituto de Artes do Pará.

"Acúmulo", de Felipe Cruz, é um livro em trânsito: poesia de tráfego intenso que se cinde em três vias. Há uma primeira via, a do tempo em progressão, indiferente e ordenado, a do tempo veloz da máquina, cortando capitais (Recife, Macapá, João Pessoa, Belém); há outra , a contramão, via da memória que deixa as pessoas, as sensações e as coisas que nos falam a cada tempo (da infância, da juventude, da idade "madura") escoarem livre e freneticamente ("Não planeje a beleza" é o que nos instrui); e há, enfim, a via à margem destas, uma que é ponto de repouso, a do traçado efetivo da cartografia sentimental. Esta via, da enunciação transparente ("chega de não confiar em quem lê"), no modo como flui - como uma urgente e franca conversa (com o perdão do clichê), entre a bebida e a fumaça dos cigarros que o poeta acaba por comprar - me lembra a imagem do Mazatlán, de Creeley: "Across the/ table,/ years".
(Maurício Borba)

Literatura Brasileira / Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Acúmulo

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 1
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

67%

33%

André Fellipe Fernandes
cadastrou em:
04/12/2017 06:59:23