Agonia das Religiões

Agonia das Religiões J. Herculano Pires


Compartilhe


Agonia das Religiões





A Teoria do Conhecimento implica as áreas culturais da Ciência, da Filosofia e da Religião. Mas a partir do Renascimento a Religião se desligou desse contexto. Desenvolveu-se a cultura leiga e as religiões se encastelaram no conceito de sua origem divina, decorrente do dogma da Revelação. A Cultura dividiu-se em duas áreas conflitivas: a religiosa e a profana.
Descartes proclamou, no Discurso do Método, a existência de dois tipos humanos (homo sapiens): o dos homens mais do que homens, que recebiam a sabedoria do próprio Deus, e o dos homens simplesmente homens, que buscavam o conhecimento através da razão e da pesquisa. Kant sancionou, em sua Crítica da Razão, essa distinção que realmente se fazia necessária. Quais foram as consequências desse episódio cultural na crise religiosa contemporânea? E qual a solução possível para essa crise? Qual a situação atual das religiões?
O início da Era Cósmica já produziu profundos abalos e modificações nos dois campos. Haverá uma possibilidade de reunificar-se a cultura geral da nossa civilização? Qual a razão das súbitas modificações nas religiões tradicionais e em suas próprias teologias? O que significam as tentativas de elaboração de um Cristianismo Ateu?

Esoterismo / Filosofia / Literatura Brasileira / Psicologia / Religião e Espiritualidade / Sociologia

Edições (2)

ver mais
Agonia das Religiões
Agonia das Religiões

Similares


Resenhas para Agonia das Religiões (1)

ver mais
Comentário
on 26/2/14


Tenho esse livro e empresto. Foi uma leitura demorada. Ele explica várias passagens do Evangelho de Jesus a luz do Espiritismo. Muito bom. Recomendo para os espíritas e não espíritas. Os livros desse autor merecem ser lidos.... leia mais

Estatísticas

Desejam3
Trocam1
Avaliações 3.6 / 16
5
ranking 31
31%
4
ranking 31
31%
3
ranking 19
19%
2
ranking 6
6%
1
ranking 13
13%

54%

46%

Dover
cadastrou em:
27/04/2016 20:54:34