Agora é que são elas

Agora é que são elas Paulo Leminski
Paulo Leminski




Agora é que são elas





Leminski no círculo dos escritores mais inventivos se ombreia em talento com Joyce, Rosa ou Carrol no fabuloso "Catatau", seu aclamado primeiro livro, e a um Italo Calvino ou Cortazar neste "Agora é que são elas".
Sempre genial no que fazia, Leminski saiu-se com essa: "O romance não é mais possível. 'Agora é que são elas' é um romance sobre a minha impossibilidade de fazer um romance". E lançou então esta narrativa, em lúdico e atrevido exercício, misturando todo o seu repertório e talento como poeta, tradutor, ensaísta, publicitário, músico e transgressor inventivo de diversar normas.

Edições (2)

ver mais
Agora é que são elas
Agora é que são elas

Similares


Resenhas para Agora é que são elas (2)

ver mais
Uma viagem pela teoria da composição
on 27/12/13


Muita gente conhece Paulo Leminski da poesia... então é uma excelente oportunidade para outros olhares... e outros prazeres! A leitura é rápida... e a única regra é deixar de querer entender... Página após página as coisas acabam por se esclarecer, ou não. "Agora é que são elas é uma história que desvenda o processo de todas as histórias, uma novela com começo, meio e fim, claro que, não necessariamente nessa ordem. Esta obra de ficção ou re-ficção é um romance para tocar no rádio."... leia mais

Estatísticas

Desejam33
Trocam6
Avaliações 4.0 / 137
5
ranking 37
37%
4
ranking 37
37%
3
ranking 16
16%
2
ranking 8
8%
1
ranking 1
1%

38%

62%

Pardal
cadastrou em:
18/01/2012 21:06:55