Agostinho

Agostinho Alberto Moravia


Compartilhe


Agostinho





A extrema sensibilidade de Alberto Moravia manifesta-se, em “Agostinho”, através do olhar de um adolescente. Agostinho está a sair da fase que Sigmund Freud apelida de “lactência” – período que medeia entre os seis e os doze anos e durante o qual os instintos sexuais estão como que adormecidos - e a entrar na fase genital, altura em que começa a ter os primeiros impulsos sexuais tal como se manifestam ao longo da idade adulta.

Literatura Estrangeira / Romance

Edições (2)

ver mais
Agostinho
Agostinho

Similares

(10) ver mais
 A Outra Face Da Lua
A Romana
A Ciociara
O Desprezo

Resenhas para Agostinho (1)

ver mais
Ah, a puberdade...
on 7/1/14


Agostinho, treze anos, ama sua mãe, jovem e bela viúva, com uma paixão inocente mas profunda. Ele a vê como uma deusa. Mãe e filho passam juntos as férias de verão numa praia italiana. As coisas vão muito bem até o dia em que o garoto descobre que a mãe está tendo um caso com um jovem banhista. Então Agostinho toma consciência de que ela é também uma mulher, não simplesmente a figura que ele venerava. A partir dessa constatação (que o decepciona e aborrece) o menino muda radicalm... leia mais

Estatísticas

Desejam3
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.9 / 7
5
ranking 14
14%
4
ranking 57
57%
3
ranking 29
29%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

50%

50%

Cioran E.
cadastrou em:
17/10/2017 15:53:09
jota
editou em:
20/09/2020 09:49:40