Água Viva

Água Viva Clarice Lispector


Compartilhe


Água Viva





Neste longo texto ficcional em forma de monólogo, Clarice Lispector se confunde com a personagem, uma solitária pintora que se lança em infinitas reflexões sobre o tempo, a vida e a morte, os sonhos e visões, as flores, os estados da alma, a coragem e o medo e, principalmente, a arte da criação, do saber usar as palavras num jogo de sons e silêncios que se combinam. Tudo é revelado através do olhar dessa pintora-narradora, que cai em estado de graça em plena madrugada.

Edições (8)

ver mais
Água Viva
Água Viva
Água Viva
Água Viva

Similares

(11) ver mais
Um Sopro de Vida
O Lustre
Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres
Outros Escritos

Resenhas para Água Viva (90)

ver mais
Um texto pulsante sobre o indizível.
on 8/5/09


Não existe enredo em Água Viva. A circularidade está presente desde a primeira até a última frase do livro: não há começo, meio ou fim. Trata-se de um texto para ser muito mais vivido do que lido, no qual a sensibilidade aflora constantemente, em um fluir de experiências vivenciadas de forma intensa. Clarice rompe com o sistema, virando-o pelo avesso, revelando o indizível e o proibido. A autora promove a desconstrução e a desautomatização da linguagem, ao decompor e desmontar o própri... leia mais

Estatísticas

Desejam437
Trocam16
Avaliações 4.2 / 2.599
5
ranking 53
53%
4
ranking 26
26%
3
ranking 15
15%
2
ranking 4
4%
1
ranking 2
2%

25%

75%