Alguma Poesia

Alguma Poesia Carlos Drummond de Andrade


Compartilhe


Alguma Poesia





Carlos Drummond de Andrade publica Alguma poesia adotando a forma do verso, isto é, não sujeito a regularidade silábica nem acentual, e desprovido das similicadências melódicas que configuram as rimas:enquadra-o, portanto, na ordem da arte visual, não auditiva.
Em alguma poesia exibe sua nova maneira de ver o mundo e de ver-se a si mesmo. Há novidade nos temas, no estilo, na estrutura.Já então afirma que seu verso é o que consta, e que o ouvido dos críticos é que funciona mal, ou que é incapaz de perceber a poética que com ele está nascendo, ou aparecendo.Alguma poesia abriu um novo rumo, um novo péríodo, nas letras do Brasil.
(Manuel Graña Etcheverry)

Literatura Brasileira / Poemas, poesias

Edições (5)

ver mais
Alguma poesia
Alguma Poesia
Alguma Poesia
Alguma Poesia

Similares

(35) ver mais
A Espiral de Netuno (duplicado!)
Antologia Poética
Poesia Completa
Simplesmente Drummond

Resenhas para Alguma Poesia (37)

ver mais
Prazer, Drummond

Certas coisas me deixam perplexo na vida. Uma dessas perplexidades aconteceu nos últimos anos ao ler este "Alguma poesia", primeiro livro publicado pelo gigante Calos Drummond de Andrade. Sempre tive curiosidade de ler o poeta mineiro de verdade, fugir das armadilhas proporcionadas pela internet. Despretensiosamente comprei esse livro. Entretanto, vocês não podem imaginar a minha surpresa ao descobrir que essa obra foi a carta de apresentação do poeta ao mundo. Nela estão, simples... leia mais

Estatísticas

Desejam173
Trocam4
Avaliações 4.3 / 1.344
5
ranking 54
54%
4
ranking 31
31%
3
ranking 12
12%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

32%

68%

Amanda Medina
cadastrou em:
07/01/2013 22:35:34