Ana em Veneza

Ana em Veneza João Silvério Trevisan


Compartilhe


Ana em Veneza





Veneza, verão de 1890. Três pessoas se encontram: Júlia, mãe de Heinrich e Thomas Mann, que passa férias com a família de Lübeck; a escrava negra Ana, antiga ama de Júlia; e o compositor brasileiro Alberto Nepomuceno. Eles falam sobre os seus passados, tão diferentes, sobre exílio, nacionalismo e terra natal, sobre identificação e identidade culturais, sobre a crise e os dilemas do fin-de-siècle. É uma ficção literária consciente, uma espécie de parábola, que aponta para a então nova crise de identidade cultural que levaria aos deslocamentos e à miscigenação globais dos povos no século XX.

Edições (3)

ver mais
Ana em Veneza
Ana em Veneza
Ana em Veneza

Similares

(5) ver mais
Os Irmãos Mann
Thomas Mann
O Escritor e Sua Missão
Pai, Pai

Resenhas para Ana em Veneza (3)

ver mais
Leia hoje!
on 20/1/09


É mais uma obra-prima do Trevisan. Texto, personagens e história maravilhosos.... leia mais

Estatísticas

Desejam30
Trocam2
Avaliações 4.2 / 33
5
ranking 61
61%
4
ranking 15
15%
3
ranking 12
12%
2
ranking 6
6%
1
ranking 6
6%

51%

49%

jota
cadastrou em:
26/08/2013 08:11:42

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR