Anarquistas, graças a Deus

Anarquistas, graças a Deus Zélia Gattai




Anarquistas, graças a Deus





"Um dia Zélia Gattai resolveu escrever uma história de sua infância, e escreveu a história de sua infância. Lembranças de uma infância e uma adolescência ricas de acontecimentos, narrando o cotidiano das famílias dos imigrantes daquela época, em São Paulo. A vida que decorre, os pequenos incidentes, os grandes eventos, as dificuldades, a luta, os ideais, os sonhos, a indomável coragem de uma gente sofrida... Para o seu antigo fã-clube foi, a um tempo, a alegria da descoberta de como aquele universo podia se transformar em obra literária e a perda da exclusividade. Mas valeu a pena. Valeu também para a multidão de seus leitores, que a acompanha. Admiradores apaixonados incondicionais: é o que o mistério de Zélia é a capacidade de, num gesto ou numa frase, colocar a sua alma e, assim chegar direto aos corações."

Biografia, Autobiografia, Memórias

Edições (7)

ver mais
Anarquistas, graças a Deus
Anarquistas, graças a Deus
Anarquistas, graças a Deus
Anarquistas, graças a Deus

Similares

(7) ver mais
A Casa do Rio Vermelho
Crônica de uma Namorada
Um chapéu para viagem
Senhora Dona do Baile

Resenhas para Anarquistas, graças a Deus (46)

ver mais
on 31/1/14


Em Anarquistas, graças a Deus o leitor descobre como se deu a primeira formação de Zélia Gattai, especificamente sua infância e, de quebra, a história de uma geração de imigrantes italianos que ajudou a forjar a comunidade anarquista no Brasil. Os documentos, aqui, perdem força para o relato de Zélia que ganha o leitor ora pela forma de tratamento dado aos temas, ora pela exposição de suas impressões, que, se não aparecem de forma enfática, surgem como uma conversa ao pé do ouvido. Not... leia mais

Estatísticas

Desejam284
Trocam33
Avaliações 4.2 / 1.632
5
ranking 47
47%
4
ranking 30
30%
3
ranking 18
18%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

22%

78%

baunilha
cadastrou em:
06/01/2009 20:34:39