Angela Davis - Uma autobiografia

Angela Davis - Uma autobiografia Angela Y. Davis


Compartilhe


Angela Davis - Uma autobiografia





A Boitempo publica pela primeira vez no Brasil Uma autobiografia, de Angela Davis. Lançada originalmente em 1974, a obra é um retrato contundente das lutas sociais nos Estados Unidos durante os anos 1960 e 1970 pelo olhar de uma das maiores ativistas de nosso tempo. Davis, à época com 28 anos, narra a sua trajetória, da infância à carreira como professora universitária, interrompida por aquele que seria considerado um dos mais importantes julgamentos do século XX e que a colocaria, ao mesmo tempo, na condição de ícone dos movimentos negro e feminista e na lista das dez pessoas mais procuradas pelo FBI. A falsidade das acusações contra Davis, sua fuga, a prisão e o apoio que recebeu de pessoas de todo o mundo são comentados em detalhes por essa mulher que marcou a história mundial com sua voz e sua luta.

Questionando a banalização da ideia de que "o pessoal é político", Davis mostra como os eventos que culminaram na sua prisão estavam ligados não apenas a sua ação política individual, mas a toda uma estrutura criada para criminalizar o movimento negro nos Estados Unidos. Além de um exercício de autoconhecimento da autora em seus anos de cárcere, nesta obra encontramos uma profunda reflexão sobre a condição da população negra no sistema prisional estadunidense.
Trecho da introdução
"Quando expressei minha hesitação em me dedicar a uma autobiografia, não foi por não desejar escrever sobre os acontecimentos daquela época e, sobretudo, de minha vida, mas sim porque eu não queria contribuir com a tendência já difundida de personalizar e individualizar a história. E, para ser totalmente franca, minha discrição natural fez com que me sentisse um tanto constrangida em escrever sobre mim mesma. Assim, não escrevi realmente a meu respeito. Isto é, não mensurei os eventos de minha própria vida de acordo com sua possível importância pessoal. Em vez disso, tentei utilizar o gênero autobiográfico para avaliar minha vida de acordo com o que eu considerava ser o significado político de minhas experiências. O método político de mensuração derivava de meu trabalho como ativista no movimento negro e como membro do Partido Comunista."

Biografia, Autobiografia, Memórias / Filosofia / História / Não-ficção / Política / Sociologia

Edições (3)

ver mais
Uma autobiografia
Angela Davis - Uma autobiografia
Uma autobiografia

Similares

(10) ver mais
Erguer a voz
Olhares negros
Mulheres, cultura e política
O que é encarceramento em massa?

Resenhas para Angela Davis - Uma autobiografia (3)

ver mais
Racismo, genocídio da população negra, violência policial, prisões políticas e anticomunismo são os assuntos abordados na autobiografia de Angela Davis, escrita em Cuba quando ela tinha apenas 28 anos. Angela Davis se tornou mundialmente famosa ao ser presa pelo FBI nos anos 70. A acusação é complexa e não cabe explicar aqui, mas o motivo real foi um só: perseguição política. Isso porque Davis já era uma ativista antirracista conhecida nos EUA e assumidamente membro do Partido Comun... leia mais

Estatísticas

Desejam183
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.7 / 39
5
ranking 77
77%
4
ranking 21
21%
3
ranking 3
3%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

15%

85%

Srta. Oliver
cadastrou em:
18/02/2019 21:22:57
Andrea
editou em:
27/08/2019 08:57:12