Anjo: Sempre fui sua!

Anjo: Sempre fui sua! Mariah Mendes


Compartilhe


Anjo: Sempre fui sua!





Já ouviu falar na expressão “eu te amo, desde que me entendo por gente!”? Ela se aplica perfeitamente a mim! Apaixonei-me perdidamente pelo Ângelo, o famoso peão do Haras do meu pai, desde que éramos duas crianças. Passei a vida toda tentando fazer com que ele me notasse. Só serviu para ele me apelidar de “carrapato”! Ignorou-me a vida toda! Enquanto isso, ele só acumulava mais e mais mulheres lindas e boazudas em seu vasto currículo...

O que fazer para conquistar aquele campeão de rodeios, alto, forte, musculoso, de coxas grossas, cabelos pretos e lisos, de olhos azuis e de barba bem feita?

Ele é um Anjo perfeito!

Tá... Ele tem um gênio difícil! É sério, impaciente e bruto. Mas quem não gosta de um Anjo Mau?!

Fui embora do País e me reinventei. Prepare-se, Anjo, porque eu voltei com uma única missão: te conquistar! Por quê? Porque eu sempre fui sua!

[...]
– Meus amores, a mamãe voltou! – falo alto, na entrada do estábulo.
– Mamãe?! – escuto aquela voz grave e rouca atrás de mim. Meu coração dispara. Respiro fundo, tentando me controlar. Viro para olhar o homem que povoa meus sonhos, desde que eu era bem novinha. Agora estamos a sós e posso olhá-lo bem de perto. Continua lindo de morrer! E tá ainda mais charmoso com essa barba tão bem feita! Está mais forte. Consigo ver seus peitos e braços musculosos na camisa preta justa. Abaixo os olhos e suspiro ao ver o volume na calça, junto com aquelas coxas grossas. – Você é sempre tão descarada assim? – pergunta-me, espantado, enquanto sorrio e mordo os lábios, olhando-o.
– Exclusividade sua! Pode se sentir privilegiado, meu Anjo! – ele passa a língua nos lábios enquanto olha para os meus olhos, minha boca e se demora um pouco nos meus seios. Desce e olha minha barriga, depois minhas coxas. Respira fundo e se volta para meus olhos.
– Você já viu quantos homens têm neste lugar? Você acha que dá certo andar pelada desse jeito, Elisa?
– Liz, Anjo. Pode me chamar de Liz! – acaricio a barba dele. Tava louca pra fazer isso!
– Seu nome é Elisa. O meu é Ângelo. Não mude de assunto!
– Aqui está um calor do cão e estou de blusa e short. Não estou pelada! A não ser que você queira que eu fique... – provoco e vejo que mexo com ele.
[...]

Da autora bestseller de “Jogando com o Chefe”.

ATENÇÃO: Esse livro contém cenas de sexo e linguajar inapropriado para menores de 18 anos.

Romance

Edições (1)

ver mais
Anjo: Sempre fui sua!

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.6 / 7
5
ranking 29
29%
4
ranking 43
43%
3
ranking 14
14%
2
ranking 14
14%
1
ranking 0
0%

0%

100%

Flavinha
cadastrou em:
20/09/2020 01:04:40
Flavinha
editou em:
20/09/2020 01:05:03