As Correções

As Correções Jonathan Franzen


Compartilhe


As Correções





As correções narra a história dos conflitos religiosos, geracionais e de costumes de uma típica família americana na última década do século XX. Nos Estados Unidos dos anos 1990, nada escapa ao olhar agudo do autor: a instabilidade do mercado financeiro, as promessas de bem-estar dos novos antidepressivos, a moral religiosa da velha geração e a ausência de escrúpulos dos jovens americanos.A família Lambert encarna a crise de valores da sociedade contemporânea. Alfred é um engenheiro ferroviário aposentado, teimoso e cheio de manias agravadas pelo mal de Parkinson recentemente diagnosticado. Enid é uma dona-de-casa comum. O casal, na faixa dos setenta anos, vive às turras numa pequena cidade do Meio-Oeste americano.Os três filhos foram para metrópoles da costa Leste a fim de se livrar da mediocridade da vida em família. Na Filadélfia, Gary, o mais velho, tornou-se banqueiro. Deprimido e paranóico, porém, acaba com o próprio casamento. A caçula, Denise, também mora na Filadélfia, onde é chef de cozinha, mas sua vida sexual tumultuada a faz perder o emprego. Em Nova York, Chip, o filho do meio, é um roteirista frustrado. Ao se envolver com uma aluna, arruína a carreira de professor universitário e vai parar na distante Lituânia, país imerso nas recentes transformações capitalistas do Leste europeu.Para contar essa história em que todos procuram incessantemente corrigir os rumos que imprimiram às próprias vidas, o autor usa uma prosa ácida, que expressa o embate entre mundos inconciliáveis: o universo conservador dos pais e o pragmatismo sem horizonte dos filhos."Maravilhoso... Tudo o que se espera de um grande romance, exceto por um motivo: ele acaba." - The New York Times Book Review"À altura de Os Buddenbrooks, de Thomas Mann, e Ruído branco, de Don DeLillo... Uma realização notável" - Michael Cunningham

Edições (2)

ver mais
As Correções
As Correções

Similares

(22) ver mais
Tirza
O Jantar
2666
Graça Infinita

Resenhas para As Correções (11)

ver mais
on 8/2/13


Jonathan Franzen aprofunda as personalidades e os problemas de todas as personagens explorando, em detalhes, a história de cada um e a maneira com que se relacionam. É como se o narrador se fundisse a eles sutilmente para assim mostrar ao leitor seus pensamentos mais íntimos, e a cada nova informação liberada, mais ainda se percebe a agonia das personagens e a certeza de que, uma hora ou outra, todo esse material inflamável reunido em um espaço tão pequeno entrará em combustão. ... leia mais

Estatísticas

Desejam154
Trocam2
Avaliações 4.2 / 221
5
ranking 48
48%
4
ranking 31
31%
3
ranking 16
16%
2
ranking 2
2%
1
ranking 2
2%

50%

50%

Bruno
cadastrou em:
26/05/2011 23:42:55