Javier Arancibia Contreras


4.8
4 avaliações

Gêneros Ficção,Literatura Brasileira,Romance | Local: Brasil

Tem 35 anos e foi repórter policial em São Paulo (SP). Saiu da redação policial para trabalhar como livreiro, desenvolver roteiros de cinema e escrever seus romances. Estreou com o livro-reportagem Plínio Marcos — A crônica dos que não têm voz, publicado pela Boitempo em 2002, escrito em parceria com Fred Maia e Vinicius Pinheiro. Na sequência, publicou Imóbile, pela editora 7Letras, que lhe entre os finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura de 2009. O projeto do livro O dia em que eu deveria ter morrido foi premiado pelo Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo em 2009, e publicado em 2010 com o apoio do governo de São Paulo.


Livros publicados por Javier Arancibia Contreras (7) ver mais
    Crocodilo
    Soy loco por ti, America
    Granta em português #09
    Granta #121
    O dia em que eu deveria ter morrido
    Imóbile


Estatísticas
Seguidores7
Leitores771
Avaliações 4.8 / 4
5
ranking 80
80%
4
ranking 20
20%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

41%

59%

Alexsandra
cadastrou em:
25/12/2016 10:57:59
Alexsandra
editou em:
25/12/2016 11:56:08