Buchi Emecheta




Editar

Buchi Emecheta


Florence Onyebuchi Emecheta


4.9
38 avaliações

Gêneros Biografia, Autobiografia, Memórias,Contos,Drama,Infantojuvenil,Romance | Nascimento: 21/07/1944 - 25/01/2017 | Local: Nigéria - Lagos

Sobre a autora: A nigeriana Buchi Emecheta é autora de mais de 20 obras, entre elas No fundo do poço (1972), Cidadã de segunda classe (1974) e As alegrias da maternidade (1979), publicados pela Dublinense. Seu trabalho aborda temas como escravidão, independência feminina, maternidade e liberdade e é reconhecida pela crítica mundial, especialmente na Inglaterra, onde residiu por mais de 50 anos até sua morte, em janeiro de 2017.

A submissão das mulheres africanas é o principal tema desta escritora nigeriana, uma das mais prolíficas do continente.
Buchi Emecheta nasceu em Lagos, Nigéria, em 1944 e foi educada numa escola metodista, após receber uma bolsa quando o seu pai morreu. O seu destino mudou ao casar-se aos 16 anos com o homem com quem se tinha comprometido desde os 11 e com quem emigraria quatro anos depois, para Londres. O casal teve cinco filhos antes de o casamento ter terminado.

Como mãe pertencente a uma minoria num país estrangeiro, Emecheta teve que enfrentar diversos obstáculos. Apesar disso, em 1974 licenciou-se pela Universidade de Londres em Sociologia, estudos que conciliou com um trabalho na biblioteca do Museu Britânico para manter a sua família.

Precisamente as dificuldades que sofreu em Londres foram o material seleccionado para os seus dois primeiros romances, In the Ditch (1972) e Second-Class Citizen (1975). Ela continuou o seu êxito inicial com romances sobre a luta permanente das mulheres africanas para desenvolver o seu potencial numa sociedade dominada por homens. The Bride Price (1976), The Slave Girl (1977), Kehinde (1994) e The new tribe (2000) são outros dos seus títulos de temática semelhante.

Após trabalhar na Universidade de Londres e da Nigéria, regressou à capital britânica para estar perto dos seus filhos. Durante este período, Emecheta publicou The Joys of Motherhood ('As alegrias da maternidade', 1979), o seu romance de maior êxito, no qual reconsidera a maternidade na cultura africana.

Como romancista e ensaísta, encontra-se entre os escritores mais prolíficos de África. Publicou romances para adultos, uma autobiografia, diversos ensaios e livros para meninos. Com a excepção da obra mais aclamada pela crítica, The rape of Shavi (1983), os seus romances foram escritos num estilo documentalista.

Ao longo do seu percurso literária aprecia-se como Emecheta experimenta a técnica narrativa e a mulher, uma temática ignorada durante muito tempo por escritores masculinos africanos. Por tudo isso, conseguiu que a maioria da sua crítica tivesse sido, até ao momento, positiva.


Livros publicados por Buchi Emecheta (15) ver mais
    Preço de noiva
    No fundo do poço
    Cidadã de segunda classe
    As alegrias da maternidade
    As alegrias da maternidade
    The Joys of Motherhood


Estatísticas
Seguidores77
Leitores10.180
Avaliações 4.9 / 38
5
ranking 93
93%
4
ranking 8
8%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

14%

86%

Helena
cadastrou em:
06/10/2018 20:00:26
Vinny Britto
editou em:
01/11/2019 20:02:51

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR