Gilles Deleuze


4.8
51 avaliações

Gêneros Filosofia | Nascimento: 18/01/1925 - 04/11/1995 | Local: França - Paris

O trabalho de Deleuze se divide em dois grupos: por um lado, monografias interpretando filósofos modernos (Spinoza, Leibniz, Hume, Kant, Nietzsche, Bergson, Foucault) e por outro, interpretando obras de artistas (Proust, Kafka, Francis Bacon, este último o pintor moderno, não o filósofo renascentista); por outro lado, temas filosóficos ecléticos centrado na produção de conceitos como diferença, sentido, evento, rizoma, etc.
O filósofo do Corpo-sem-Órgãos (figura estética de Antonin Artaud, retomada como conceito filosófico por Deleuze em parceria com Félix Guattari).
Para ele, O ofício do filósofo é inventar conceitos. Assim como Nietzsche cria a personagem-conceito de Zaratustra, Deleuze afirma em L'abécédaire, entrevista dada a Claire Parnet, ter criado com Félix Guattari o conceito de ritornelo - refrão, forma de reterritorialização (povoamento), e desterritorializaçao.
Uma filosofia da imanência, dos diagramas, dos acontecimentos.
As principais influências filosóficas terão sido Nietzsche, Henri Bergson e Spinoza.
Uma das grandes contribuições de Deleuze foi ter se utilizado do cinema para expor sua forma de pensamento, através dos conceitos de cinema-movimento e cinema-tempo.
Deleuze foi um dos filósofos que teorizou as instâncias do atual e do virtual (já elaboradas por outros pensadores), construindo um olhar sobre o mundo a partir das possibilidades: "Um pouco de possível, senão sufoco"


Livros publicados por Gilles Deleuze (39) ver mais
    Diferença e repetição
    Cinema 1: A imagem-movimento
    A Filosofia Crítica de Kant
    Espinosa e o Problema da Expressão
    Coleção Mil Platôs - 5 Volumes
    Dois Regimes de Loucos


Estatísticas
Seguidores102
Leitores3.303
Avaliações 4.8 / 51
5
ranking 86
86%
4
ranking 8
8%
3
ranking 3
3%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

49%

51%

Michel .
cadastrou em:
03/01/2011 23:18:42
Helena
editou em:
04/03/2021 19:09:47