Baixo esplendor

Baixo esplendor Marçal Aquino


Compartilhe


Baixo esplendor





O retorno de Marçal Aquino à cena literária, dezesseis anos depois do sucesso de Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios.

O ano é 1973, um dos períodos mais duros da ditadura militar no Brasil. É num ambiente contaminado pela paranoia que se move Miguel, um agente do setor de Inteligência da polícia civil cuja especialidade é se infiltrar em quadrilhas sob investigação. Numa das operações, ele se aproxima de um grupo de ladrões de carga, tornando-se íntimo de Ingo, o chefe, que não só apadrinha sua entrada no bando como lhe apresenta a irmã, Nádia, com quem Miguel inicia um relacionamento que tem no sexo seu ponto de combustão.

Profissionalmente vaidoso, Miguel acredita que, na hora adequada, não terá dificuldades para romper os laços surgidos durante a operação. Mas as coisas não saem como ele imagina: apaixonado por Nádia, o policial se vê surpreendido por dúvidas sobre de que lado irá ficar quando o cerco se fechar sobre a quadrilha.

Com uma prosa ágil e intensa, Aquino confirma seu nome entre os melhores da ficção brasileira contemporânea. O mundo do crime nunca foi tão sensual quanto em Baixo esplendor.

Ficção / Literatura Brasileira / Romance

Edições (1)

ver mais
Baixo esplendor

Similares

(1) ver mais
Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios

Resenhas para Baixo esplendor (26)

ver mais
Literatura brasileira contemporânea
on 10/5/21


Uma grata surpresa. Marçal Aquino é um dos escritores brasileiros contemporâneos, que depois de um longo tempo sem publicar nada, volta à baila com Baixo Esplendor. O enredo é cinematográfico: Miguel, um policial, infiltra-se, em missão, numa quadrilha especializada em roubo de cargas. Só que a missão sofre a interferência de uma paixão avassaladora e carnal, entre Miguel e Nádia, essa última, irmã de Ingo, chefe da quadrilha. Será que o envolvimento amoro... leia mais

Vídeos Baixo esplendor (1)

ver mais
Resenha: Baixo Esplendor, de Marçal Aquino, Companhia das Letras

Resenha: Baixo Esplendor, de Marçal Aquino, C


Estatísticas

Desejam74
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.1 / 145
5
ranking 39
39%
4
ranking 49
49%
3
ranking 9
9%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

34%

66%

Jenifer
cadastrou em:
11/02/2021 11:24:26
Jenifer
editou em:
11/02/2021 11:24:38

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR