Bhagavad Gita

Bhagavad Gita Krishna


Compartilhe


Bhagavad Gita


A sublime canção da Grande Índia




O Bhagavad Gita, a sublime canção, é um dos textos mais sagrados de toda a humanidade. Embora mais famoso no Oriente (particularmente na Índia, sua terra de origem), o Gita eventualmente foi traduzido do sânscrito para o inglês e, dessa forma, pôde ser apreciado também por grandes mentes ocidentais que não lhe pouparam elogios, e até mesmo certa reverência:

"Comparado com o Gita, o nosso mundo moderno e toda a sua literatura se parecem insignificantes e triviais" (Henry David Thoreau)

"O Bhagavad Gita é a coisa mais profunda e mais sublime de que dispõe o mundo dos homens" (Wilhelm von Humboldt)

"Foi o primeiro dos livros, como se todo um império nos falasse; nada pequeno ou sem significância, mas grandioso, vasto e consistente, a voz de uma inteligência muito antiga" (Ralph Waldo Emerson)

"Este livro é um dos resumos mais claros e compreensivos da filosofia perene que já nos foram revelados; o seu valor persiste até hoje não somente em benefício da Índia, mas de toda a humanidade" (Aldous Huxley)

***

Nesta tradução da versão inglesa clássica de Sir Edwin Arnold, conforme compilada pela American Gita Society, Rafael Arrais se vale da sua experiência com as traduções de outros textos sagrados, como o "Tao Te Ching" de Lao Tse, o "Gitanjali" de Tagore e "O Profeta" de Gibran, para nos trazer uma versão moderna, profunda e acessível da antiga sabedoria da Grande Índia.

Se você já conhece esta canção divina, lhe convidamos a escutá-la mais uma vez, numa melodia própria deste novo século. Se nunca a ouviu, recomendamos de coração que a ouça, pois é quase certo que o diálogo entre Lorde Krishna e Arjuna também irá lhe transformar...

***

[número de páginas]
Equivalente a aproximadamente 133 págs. de um livro impresso (tamanho A5).

[sumário, com índice ativo]
- Prefácio
- Sobre a tradução
- Capítulo I - O dilema de Arjuna
- Capítulo II - O conhecimento transcendental
- Capítulo III - O caminho do serviço
- Capítulo IV - O caminho da renúncia com conhecimento
- Capítulo V - O caminho da renúncia
- Capítulo VI - O caminho da meditação
- Capítulo VII - Autoconhecimento e iluminação
- Capítulo VIII - O Espírito eterno
- Capítulo IX - O conhecimento supremo e o grande mistério
- Capítulo X - A manifestação do absoluto
- Capítulo XI - A visão da forma cósmica
- Capítulo XII - O caminho da devoção
- Capítulo XIII - A Criação e o Criador
- Capítulo XIV - As três qualidades da natureza material
- Capítulo XV - O Espírito supremo
- Capítulo XVI - O divino e o demoníaco
- Capítulo XVII - Os três tipos de fé
- Capítulo XVIII - A libertação pela renúncia
- Notas
- Epílogo: Amor sem Fim (poema de Rabindranath Tagore).

Literatura Estrangeira / Poemas, poesias / Religião e Espiritualidade

Edições (15)

ver mais
Bhagavad Gita
Bhagavad Gita
Bhagavad Gita
Bhagavad Gita

Similares

(50) ver mais
O Bhagavad-Gita
Bhagavad Gita A Ciência Suprema
Bhagavad Gita
Enuma Elish

Resenhas para Bhagavad Gita (18)

ver mais
Livro de cabeceira
on 19/8/09


Estudo eterno. Já li e reli diverssas vezes e continuo lendo. A cada vez uma compreensão diferente, um detalhe que acaba por fazer sentido se refletido em épocas diferentes da minha vida. ... leia mais

Estatísticas

Desejam126
Trocam8
Avaliações 4.4 / 682
5
ranking 60
60%
4
ranking 24
24%
3
ranking 12
12%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

53%

47%

raph
cadastrou em:
18/09/2015 15:24:51
Fr. Prosap
editou em:
23/04/2019 10:23:45