Black Dog: Os Sonhos de Paul Nash

Black Dog: Os Sonhos de Paul Nash Dave McKean




Black Dog: Os Sonhos de Paul Nash





Conhecido por sua colaboração com Neil Gaiman – na série Sandman e em Sinal e Ruído, Mr. Punch e Violent Cases –, Dave McKean assombra o universo dos quadrinhos desde a sua estreia, em 1991, com o premiadíssimo Cages. Agora, a DarkSide Books apresenta a nova graphic novel do legendário multiartista, baseada na vida de Paul Nash, pintor inglês surrealista que combateu na Primeira Guerra Mundial. Black Dog: Os Sonhos de Paul Nash aborda sobretudo esse período delicado e determinante na vida do pintor, que iria marcar profundamente sua produção artística posterior, e compõe, através das lembranças de Nash, um painel multifacetado e tocante sobre como a guerra e situações extremas nos modificam e como lidamos com toda a dor, a perda e o trauma que ela provoca. Black Dog se utiliza de diversas técnicas e estilos, e transforma a linguagem e a estética dos sonhos, dos pesadelos e da memória: entrecortada, repleta de elipses, mudanças alterações e confusões próprias deste estado entre a vigília e o sono, que nos confunde, trai, acrescenta e subtrai, influenciando e por vezes formando a nossa percepção da realidade. De forma sombria e arrebatadora, McKean transforma em imagens extremamente belas e poderosas as emoções registradas por Paul Nash sobre o conflito e o que resta àqueles que sobrevivem. Ninguém sai impune desta obra-prima.

Drama / Fantasia / Ficção / HQ, comics, mangá / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Black Dog: Os Sonhos de Paul Nash

Similares

(7) ver mais
A Comédia Trágica ou a Tragédia Cômica de Mr. Punch
Sinal e Ruído
Orquídea Negra
Violent Cases

Resenhas para Black Dog: Os Sonhos de Paul Nash (1)

ver mais
Talvez seja interessante para fãs de Paul Nash.
3 weeks, 6 days ago


Por se tratar de sonhos (tema que eu gosto muito), esperava algo mais perturbador e sombrio, com uma história mais consistente. A simplicidade dos pequenos textos lembra um daqueles livros ilustrados infantis (pode ser que a tradução tenha prejudicado a obra, também). Quanto à arte, pensei que seria um livro de encher os olhos, mas tem apenas umas três ou quatro ilustrações boas, realmente incríveis, e o resto são desenhos nada atrativos. Comprei pela capa, e me arrependi um pouco. Po... leia mais

Estatísticas

Desejam94
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.9 / 24
5
ranking 33
33%
4
ranking 33
33%
3
ranking 29
29%
2
ranking 4
4%
1
ranking 0
0%

41%

59%

João gregorio
cadastrou em:
13/04/2018 08:41:39
João Vicente
editou em:
10/05/2018 17:01:29