LUSOFONIA E POLÍTICA - Marcos Pamplona entrevista o poeta Alexandre Guarnieri

LUSOFONIA E POLÍTICA - Marcos Pamplona conversa com Alexandre Guarnieri sobre o livro Arsênico e Querosene.

Alexandre Guarnieri, carioca da Zona Norte, nasceu em 1974. É poeta, historiador da arte (pela UERJ) e mestre em Comunicação e Cultura (pela UFRJ). Integra, desde 2012, o corpo editorial da revista eletrônica Mallarmargens. Ganhou em 2015, com seu segundo livro (“Corpo de Festim”), o 57o Prêmio Jabuti, na categoria Poesia. Em 2016, contribuiu na organização da antologia “Escriptonita – pop/oesia, mitologia-remix & super-heróis de gibi” (Editora Patuá). Foi publicado ainda em jornais, revistas e antologias. Estreou com “Casa das Máquinas” (Editora da Palavra, 2011), seguido por “Corpo de Festim” (Confraria do Vento, 2014), “Gravidade Zero” (Penalux, 2016) e “O sal do Levitã” (Penalux, 2018), sendo este último semifinalista no Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa (2019). O presente volume, “Arsênico & Querosene”, reúne poemas de seus quatro livros até então, bem como trabalhos inéditos.