Viva Literatura - Daniel Osiecki conversa com a poeta Clara Bordinhão

Clara Bordinião é natural de Curitiba, formada em Letras Português pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, teve seu primeiro contato com a escrita poética aos 14 anos com a leitura dos poemas de Cecília Meireles, que logo a encaminharam a consumir a poesia de outras e outros tantos poetas da literatura brasileira e estrangeira. Dentro do curso de Letras fez experiência de outras formas poéticas, sempre flertando com o teatro, a política e outras artes performáticas. Lésbica assumida, experimenta da sexualidade e da manifestação dos corpos em seus poemas, buscando aprofundar sua poesia nos prazeres e desejos do corpo feminino.

Hoje, aos 29 anos dedica-se a arte burlesca e transformista, buscando sua inspiração dentro das performances do Burlesco curitibano e no movimento Drag Queen e Drag King da capital paranaense.