Box 21

Box 21 Börge Hellström
Anders Roslund


Compartilhe


Box 21





Uma mulher gravemente ferida chega a um dos maiores hospitais de Estocolmo. Os médicos, horrorizados, descobrem que os ferimentos foram causados por espancamento. Seu nome é Lydia Grajauskas. Três anos antes, Lydia e sua amiga Alena Sljusareva foram seduzidas pela promessa de uma vida melhor em Estocolmo, porém, em pouco tempo descobriram que foram vendidas a aliciadores para serem escravas sexuais. Ainda durante a viagem, as jovens são estupradas e espancadas. Ao chegarem ao seu destino, são aprisionadas em um cativeiro e obrigadas a se prostituir.

O policial Sven Sundkvist e o introspectivo detetive Ewert Grens – o mesmo que encontramos no livro A Besta – estão de plantão quando Lydia é resgatada e levada ao hospital. Ao chegarem lá, porém, eles têm outro objetivo em mente: interrogar um traficante de drogas que é levado ao mesmo hospital após sofrer uma overdose. Sundkvist e Grens sabem que o traficante foi companheiro de cela do mafioso Jochum Lang, um criminoso que 25 anos antes, foi o responsável por ferir a companheira e parceira de Grens, deixando-a com danos cerebrais e físicos irreversíveis. Enquanto Lydia está no hospital, Alena consegue fugir.

Orientada por Lydia, ela caminha até a Estação Central de Estocolmo onde os poucos pertences que conseguiram juntar estão guardados em um armário, o Box 21. Alena consegue levar o conteúdo do armário para Lydia que partirá em uma busca desesperada por vingança. De maneira surpreendente, histórias paralelas se encontram carregadas de tensão, e caminham para um inesperado clímax.

Edições (1)

ver mais
Box 21

Similares

(14) ver mais
Os Homens Que Não Amavam as Mulheres
A Mulher Marcada
Frio Na Espinha
A morte de um estranho

Resenhas para Box 21 (12)

ver mais
Muito ruim
on 22/7/10


O tema do livro até que é bom. Trata, principalmente, de tráfego de mulheres e as pessoas envolvidas com este "negócio". Mas encontrei vários problemas no livro. Primeiro a forma como foi escrito. Em várias partes dele, quando você está bem concentrada em uma coisa, na linha seguinte, sem nenhum espaço duplo ou parágrafo, ou, sei lá, letra em itálico, tem uma mudança na histórica e começam a falar de um fato do passado. Logo depois, sem também nenhum aviso, voltam para o que estava s... leia mais

Estatísticas

Desejam54
Trocam12
Avaliações 3.8 / 177
5
ranking 32
32%
4
ranking 28
28%
3
ranking 31
31%
2
ranking 8
8%
1
ranking 2
2%

29%

71%