Brás Cubas em três versões

Brás Cubas em três versões Alfredo Bosi


Compartilhe


Brás Cubas em três versões


Estudos Machadianos




"Memórias póstumas de Brás Cubas", primorosas crônicas em que Machado comenta as encenações políticas do "barro humano" e um rigoroso mapeamento sociológico do universo machadiano - eis os objetos destes três estudos que elucidam traços fundamentais do grande ficcionista da literatura brasileira e mundial. Alfredo Bosi apresenta uma abordagem compreensiva e multifacetada de Machado, calcada em rigorosa pesquisa histórica, mas sempre ciente da autonomia literária. Vêm à tona resultados surpreendentes, instigando o leitor a enveredar por reflexões próprias, como vincular o tom "amargo e áspero" das memórias do defunto-autor ao "veio de inconformismo" que Bosi vê cintilar no olhar do cronista debruçado sobre a tragicomédia política com os entreatos de barbárie. Ou então explorar as riquezas teóricas do ensaio final, que ao expandir o confronto crítico com uma das "três versões de Brás Cubas" acarreta-lhe retrospectivamente novos subsídios. Temos aqui, portanto, três ensaios independentes, mas que ao mesmo tempo se iluminam mutuamente e se completam.



Do autor de "Dialética da colonização" e "Literatura e resistência".

Edições (1)

ver mais
Brás Cubas em três versões

Similares

(1) ver mais
O enigma do olhar

Estatísticas

Desejam9
Trocam1
Avaliações 3.2 / 8
5
ranking 0
0%
4
ranking 50
50%
3
ranking 25
25%
2
ranking 25
25%
1
ranking 0
0%

40%

60%

Marcelo Aceti
cadastrou em:
03/12/2009 01:40:11