Caderno de memórias coloniais

Caderno de memórias coloniais Isabela Figueiredo


Compartilhe


Caderno de memórias coloniais





Genial acerto de contas da autora com o passado colonial de Portugal e com seu pai, um eletricista português radicado em Moçambique. O pai parece personificar Portugal: despreza e explora os nativos. Tudo isso é visto pelos olhos de Isabela, que lá nasceu em 1963 e voltou para Portugal nos anos 1970, durante o contexto da descolonização. O livro tem origem num blog da autora, canal pioneiro para tentar trazer mais realidade à narrativa edulcorada do Portugal africano. Até então, havia uma enxurrada de memórias cor de rosa e piedosas de brancos que cresceram nas colônias portuguesas e que nunca tratavam das questões reais e duras do passado, como a exclusão da população local (negra).

Biografia, Autobiografia, Memórias / Literatura Estrangeira / Não-ficção

Edições (2)

ver mais
Caderno de memórias coloniais
Caderno de memórias coloniais

Similares

(1) ver mais
A Gorda

Resenhas para Caderno de memórias coloniais (4)

ver mais
on 5/8/18


?Os pretos começavam a pedir trabalho às nossas portas desde crianças, rapazes e raparigas. Batiam ao portão, abríamos, e apareciam crianças esfarrapadas, descalças, ranhosas e esfomeadas de farinha dirigindo-nos as poucas palavras que conheciam, ?trabalho, patrão?. Crianças da minha idade ou mais novas. Abria a porta aos pedintes e ficava a olhá-los sem palavras. Não compreendia. Chamava a minha mãe, que rapidamente os enxotava, ?vai-te embora, aqui não há nada!?, e eu seguia para o m... leia mais

Estatísticas

Desejam58
Trocam1
Avaliações 4.2 / 69
5
ranking 49
49%
4
ranking 36
36%
3
ranking 14
14%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

22%

78%

João gregorio
cadastrou em:
05/07/2018 22:55:07
André
editou em:
03/08/2018 19:42:25