Capitães da Areia

Capitães da Areia Jorge Amado


Compartilhe


Capitães da Areia





Desde o seu lançamento, em 1937, Capitães da Areia causou escândalo: inúmeros exemplares do livro foram queimados em praça pública, por determinação do Estado Novo. Ao longo de sete décadas a narrativa não perdeu viço nem atualidade, pelo contrário: a vida urbana dos meninos pobres e infratores ganhou contornos trágicos e urgentes.

Várias gerações de brasileiros sofreram o impacto e a sedução desses meninos que moram num trapiche abandonado no areal do cais de Salvador, vivendo à margem das convenções sociais. Verdadeiro romance de formação, o livro nos torna íntimos de suas pequenas criaturas, cada uma delas com suas carências e suas ambições: do líder Pedro Bala ao religioso Pirulito, do ressentido e cruel Sem-Pernas ao aprendiz de cafetão Gato, do sensato Professor ao rústico sertanejo Volta Seca. Com a força envolvente da sua prosa, Jorge Amado nos aproxima desses garotos e nos contagia com seu intenso desejo de liberdade.

Literatura Brasileira / Romance

Edições (5)

ver mais
Capitães da Areia
Capitães da Areia
Capitães da areia
Capitães da Areia

Similares

(26) ver mais
Dona Flor E Seus Dois Maridos
Terras do Sem Fim
Gabriela Cravo e Canela
A Morte e a Morte de Quincas Berro d

Resenhas para Capitães da Areia (67)

ver mais
Meninos homens
on 14/10/20


Uma leitura causa muitas surpresas e sensações, algumas menos e outras mais. Porém o que Jorge Amado fez nesse livro é conseguir você fazer sentir todos os sentimentos possíveis pelos Capitães da Areia. Uma história que conta como pequenos meninos vivem na marginalidade da Bahia de muitos anos atrás. E principalmente como não ter nenhum suporte, a fome e a falta de uma família fazem com uma pessoa, em como faz uma infância ser perdida. Porque os personagens são crianças, mas claramente... leia mais

Estatísticas

Desejam112
Trocam14
Avaliações 4.4 / 1.143
5
ranking 61
61%
4
ranking 29
29%
3
ranking 9
9%
2
ranking 1
1%
1
ranking 1
1%

26%

74%

Fernando
cadastrou em:
22/12/2012 23:07:22
Nati
editou em:
18/02/2016 18:27:26

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR