Cearálegre

Cearálegre Plautus Cunha

Compartilhe


Cearálegre


Dismistificação dos Tabus




Transcrevo um poema assaz famoso de Quintino cunha. "A rosa do cume."

No alto daquele cume
Plantei um pé de roseira.
O mato no cume cresce
A rosa no cume cheira

Quando cai a chuva fina
Salpicos no cume cai
Lagartos no cume entra
Abelhas no cume sai

Quando cai a chuva grossa
Água no cume desce
Flores no cume cria
A floresta no cume cresce

Quando vem rompendo a aurora
No cume volta a alegria
E torna a brilhar depressa
o sol que no cume ardia.

-pág. 10

Edições (2)

ver mais
Cearálegre
Cearálegre

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.0 / 2
5
ranking 0
0%
4
ranking 50
50%
3
ranking 0
0%
2
ranking 50
50%
1
ranking 0
0%

100%

0%

Bag S.J.
cadastrou em:
12/09/2014 23:45:46