Cem Anos de Solidão

Cem Anos de Solidão Gabriel García Márquez


Compartilhe


Cem Anos de Solidão


Cien Años de Soledad




Em Cem anos de solidão, Gabriel Garcia Marquez narra a incrível e triste história dos Buendía - a estirpe dos solitários para a qual não será dada uma segunda oportunidade sobre a terra. O livro também pode ser entendido como uma autêntica enciclopédia do imaginário.
"O Coronel Aureliano Buendía promoveu 32 revoluções armadas e perdeu todas." Na descrição que García Márquez faz do protagonista de CEM ANOS DE SOLIDÃO estão ao mesmo tempo o humor funesto com que trata da impotência do homem e o tom de extrema naturalidade que usa para narrar fatos inverossímeis.
Publicado em 1967, o romance conta a história dos Buendía, família condenada por uma força inexplicável a viver um século de solidão. Sucessivas gerações de homens e mulheres marcados por sinais trágicos fazem mover uma engrenagem de repetições de comportamentos obsessivos e desilusões. Tudo se passa na fictícia Macondo, cuja história é pontuada por eventos fantásticos, visitas de ciganos e a ação corrosiva e quase imperceptível de insetos.
É possível interpretar o romance como uma metáfora do isolamento e da desesperança da América Latina. O pano de fundo é o dos sangrentos enfrentamentos entre conservadores e liberais, que cindiram a Colômbia a partir de meados do século XIX.
Tamanha é a quantidade de novos personagens que fluem a partir da história central, que alguns preferem ler o livro desenhando uma árvore genealógica dos Buendía. Não se deve desprezar, porém, a sedutora alternativa de deixar-se confundir pelas caóticas ramificações da estirpe, que dão força à sensação de repetição e de catástrofe com que o romance está comprometido.
Fonte: Sylvia Colombo - Ediora-adjunta da Folha.
Gabriel García Márquez ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1982.

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (34)

ver mais
Cem Anos de Solidão
Cem Anos de Solidão
Cem Anos de Solidão
Cem Anos de Solidão

Similares

(75) ver mais
Pedro Páramo
O anjo e o resto de nós
A Casa dos Espíritos
A revoada

Resenhas para Cem Anos de Solidão (1.251)

ver mais
Solidão Compartilhada
on 24/8/10


Em Cem Anos de Solidão tem-se uma história cheia de fatos e personagens, na qual o leitor, ao final do livro, já se sente um Buendía (família protagonista). Ao lê-lo, percebemos o tamanho da solidão humana, que é irremediável, porém, adiável. Que atire a primeira pedra quem nunca disse que não quer morrer só, pois uma uma vida só é só uma vida, mas ao final percebemos que muitas pessoas vão e muitas vêm, só você fica. E essa é a intenção do livro, mostrar a solidão como algo inerente a... leia mais

Vídeos Cem Anos de Solidão (17)

ver mais
EU LI: CEM ANOS DE SOLIDÃO, DE GABRIEL GARCÍA MÁRQUEZ | MINHA VIDA LITERÁRIA

EU LI: CEM ANOS DE SOLIDÃO, DE GABRIEL GARCÍA

Cem anos de solidão

Cem anos de solidão

CEM ANOS DE SOLIDÃO (GABRIEL GARCÍA MÁRQUEZ)

CEM ANOS DE SOLIDÃO (GABRIEL GARCÍA MÁRQUEZ)

CEM ANOS DE SOLIDÃO | Rant Review (resenha negativa)

CEM ANOS DE SOLIDÃO | Rant Review (resenha ne


Estatísticas

Desejam6.243
Trocam67
Avaliações 4.6 / 24.506
5
ranking 77
77%
4
ranking 16
16%
3
ranking 6
6%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

28%

72%

Justi
cadastrou em:
19/01/2009 00:27:10