Chico Mendes: Crime e Castigo

Chico Mendes: Crime e Castigo Zuenir Ventura


Compartilhe


Chico Mendes: Crime e Castigo (Jornalismo Literário)


A Mais Premiada Reportagem Sobre o Herói dos Povos da Floresta




No começo de 1989, o jornalista Zuenir Ventura foi enviado ao Acre para uma série de reportagens sobre a morte do seringueiro Chico Mendes, assassinado em dezembro de 1988. Os textos deram ao repórter o prêmio Esso de Jornalismo. Zuenir voltou à região dois anos mais tarde e, em outubro de 2003, completou a série de matérias sobre o líder que chamou a atenção do mundo todo para a luta contra a devastação da Amazônia.

Chico Mendes - Crime e castigo: Quinze anos depois, o autor volta ao Acre para concluir ti mais premiada reportagem sobre o herói dos Povos da Floresta reúne reportagens escritas por Zuenir Ventura a respeito do maior líder ambientalista brasileiro, assassinado em 22 de dezembro de 1988. Chico Mendes era mundialmente reconhecido por sua luta pela preservação da Amazônia.

No Estado do Acre, o seringueiro desenvolveu táticas pacíficas de resistência para defender a floresta, que a partir da década de 70 sofrera um acelerado processo de desmatamento para dar lugar a grandes pastagens de gado. O New York Times já o havia considerado "um símbolo de todo o planeta" e a ONU já o premiara, mas Chico Mendes precisou ser assassinado para ser reconhecido no Brasil. O livro de Zuenir Ventura é dividido em três partes.

A primeira, "O crime", reúne as reportagens feitas para o Jornal do Brasil no começo de 1989, logo após o assassinato. Na segunda, "O castigo", estão as reportagens produzidas em 1990, juntamente com Marcelo Auler, que cobrem o julgamento dos assassinos. "15 anos depois" é a terceira parte, com textos de outubro de 2003, quando Zuenir revisitou lugares e personagens envolvidos no crime.

Biografia, Autobiografia, Memórias / Crime / Literatura Brasileira / Política

Edições (1)

ver mais
Chico Mendes: Crime e Castigo

Similares

(4) ver mais
Os irmãos Karamázov
O MUNDO EM CHAMAS
Vultos da República
A Feijoada que Derrubou o Governo

Resenhas para Chico Mendes: Crime e Castigo (9)

ver mais
on 12/5/10


Achei o livro muito bom, especialmente pelo fato de o autor se permitir a liberdade de fugir daquele cansativo e irritante propósito de se manter completamente "imparcial", como costuma ditar o "bom jornalismo". No entanto, achei que algumas das informações ali contidas, ou não se justificavam pela pertinência ou não eram muito bem desenvolvidas. O destino de algumas personagens ficou meio que "no ar" demais, e o autor faz tudo para que tenhamos nosso interesse e curiosidade aguçados, ... leia mais

Estatísticas

Desejam89
Trocam1
Avaliações 4.3 / 148
5
ranking 46
46%
4
ranking 38
38%
3
ranking 15
15%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

33%

67%

Kemi
cadastrou em:
15/01/2009 01:30:20
Cioran E.
editou em:
04/12/2018 21:03:52