Como a Geração Sexo-Drogas-e-Rock

Como a Geração Sexo-Drogas-e-Rock'n'Roll Salvou Hollywood Peter Biskind


Compartilhe


Como a Geração Sexo-Drogas-e-Rock'n'Roll Salvou Hollywood


Easy Riders, Raging Bulls




Francis Ford Coppola, Martin Scorsese, George Lucas, Steven Spielberg, Robert Altman - eles fazem parte da geração de cineastas que reescreveu o script da Hollywood dos anos 70, com filmes como Bonnie e Clyde, Sem Destino, O Poderoso Chefão, A Última Sessão de Cinema e Taxi Driver, clássicos modernos que revolucionaram a maneira de conceber, produzir e fazer filmes.



Em Como a geração sexo-drogas-e-rock n roll salvou Hollywood, Peter Biskind recria aquela "década dos diretores", um dos períodos mais excitantes da história do cinema, que tem início com o lançamento de Sem Destino, no final da década de 60, e termina com Touro Indomável e uma Beverly Hills marcada pelo consumo de cocaína, já nos anos 80.



Fundamentado em centenas de entrevistas com diretores, produtores, estrelas, agentes, roteiristas, executivos dos estúdios, esposas, ex-esposas e namoradas, esse é o mais completo relato sobre aquele universo comandado por jovens diretores em ascensão. Nunca tantas celebridades falaram com tanta franqueza umas sobre as outras ou sobre drogas, sexo e dinheiro, que levaram muitas ao fundo do poço. Construído com a inteligência de um filme de Robert Altman, e escrito com talento, ousadia e impiedosa honestidade, é o retrato da era mais criativa de Hollywood desde o apogeu dos grandes estúdios. Considerado por críticos de cinema e cinéfilos uma obra fundamental.

Edições (2)

ver mais
Como a Geração Sexo-Drogas-e-Rock
Como a Geração Sexo-Drogas-e-Rock

Similares

(6) ver mais
Easy Riders, Raging Bulls
Hollywood Nua e Crua - Parte II
Os bastidores de Hollywood na Vanity Fair
Cinco Voltaram

Resenhas para Como a Geração Sexo-Drogas-e-Rock'n'Roll Salvou Hollywood (23)

ver mais
dizem q o pessoal de humanas ama um título longo. é verdade.
on 2/11/20


esse livro entrou para a minha lista de favoritos logo nas primeiras páginas. eu que havia recentemente descoberto uma tendência cinéfila que, na verdade, percebi que já existia há muito tempo, escolhi essa leitura pelo título longo e impressionante, confesso (o título em portugues, na minha opinião, é muito coerente com a narrativa e é mais interessante que o original). a forma fluída com que o autor conduz a narrativa é impressionante, ele equilibra bem os elementos técnicos com fato... leia mais

Estatísticas

Desejam159
Trocam13
Avaliações 4.2 / 467
5
ranking 47
47%
4
ranking 36
36%
3
ranking 12
12%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

47%

53%

Yasmin
cadastrou em:
25/11/2009 18:38:58