Da Natureza das Coisas

Da Natureza das Coisas Lucrécio


Compartilhe


Da Natureza das Coisas


De Rerum Natura




O poema filosófico "Da Natureza das Coisas" ("De Rerum Natura"), escrito por volta do ano 50 a.C., pelo romano Tito Lucrécio Caro, é uma das mais importantes obras da Antiguidade Clássica.

A grandeza poética do livro foi reconhecida de modo quase imediato.

Ovídio escreveu que "os versos do sublime Lucrécio" iriam perdurar enquanto o mundo existisse. Cícero declarou que o poema era "não apenas rico em brilhante engenhosidade, como artisticamente elevado". E Virgílio, que segundo algumas crônicas praticou o ritual romano de passagem à idade adulta no mesmo dia em que Lucrécio faleceu, prestou-lhe homenagem, dizendo que era o homem que conseguiu "encontrar a causa das coisas e que tinha espezinhado todos os temores".

Filosofia

Edições (1)

ver mais
Da Natureza das Coisas

Similares

(1) ver mais
Séneca

Resenhas para Da Natureza das Coisas (1)

ver mais
Aprendendo a morrer com Lucrécio
on 25/5/17


Em Hannah e suas irmãs, o personagem interpretado por Woddy Allen, declaradamente ateu, entra em conflito: o fim está próximo e é inevitável, vamos morrer e aí tudo se acaba para sempre. Mickey Sacks, comicamente, passa a procurar diversas maneiras de se convencer do contrário. Primeiramente, tenta acreditar em qualquer religião, mas falha miseravelmente. Então, lendo poetas e pensadores, vê seu conflito interno apenas mais aprofundado. Mickey, depois de quase se matar, acaba sup... leia mais

Estatísticas

Desejam30
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 5
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

63%

37%

Jéraldi
cadastrou em:
03/09/2015 13:58:29
Juli
editou em:
28/07/2016 14:11:56