Deus e o Mal

Deus e o Mal Gordon Clark


Compartilhe


Deus e o Mal


O problema resolvido




Durante séculos filósofos e teólogos permaneceram intrigados com o problema do mal: Como pode Deus ser bom, se existe mal no mundo? Ou Deus é impotente para remover o mal e, portanto, não é onipotente, ou é onipotente, mas se recusa remover o mal; portanto, não pode ser bom. Em ambos os casos, a existência do Deus da Bíblia é contestada, pois a Bíblia fala do Deus igualmente bom e onipotente.

Os teólogos têm oferecido várias respostas para esse problema, mas raramente com acerto. Uma resposta popular é o livre-arbítrio: Existe mal no mundo por causa do livre-arbítrio humano. Essa resposta é na verdade a admissão da derrota, pois a doutrina do livre-arbítrio implica que Deus não é onipotente: O livre-arbítrio do homem pode frustrar e impedir a vontade divina. E não sendo Deus onipotente, provou-se que a divindade da Bíblia não existe. Os crentes no livre-arbítrio não podem acreditar em Deus de forma coerente.

Neste livro, o Dr. Gordon Clark explica como o Deus da Escritura, e apenas ele, escapa do dilema proposto pelo problema do mal, diferentemente dos supostos deuses.

Religião e Espiritualidade

Edições (2)

ver mais
Deus e o Mal
Deus e o Mal

Similares

(1) ver mais
Cosmovisões em Conflito

Resenhas para Deus e o Mal (1)

ver mais
Direto e eficaz.
on 21/3/11


O problema do mal é basicamente assim: "Se Deus é bom e onipotente, por que existe tanto mal e sofrimento no mundo?" Que de uma forma mais detalhada é tipo: 1. A Bíblia diz que Deus é bom. 2. A Bíblia diz que Deus é onipotente. 3. Se Deus é bom, ele quer acabar com o mal. 4. Se Deus é onipotente, ele pode acabar com o mal. 5. O mal não foi acabado. Conclusão. Deus ou não é bom, ou não é onipotente. Em outras palavras, o Deus da Bíblia não existe. SE as premissas esti... leia mais

Estatísticas

Desejam30
Trocam1
Avaliações 4.4 / 41
5
ranking 66
66%
4
ranking 20
20%
3
ranking 7
7%
2
ranking 7
7%
1
ranking 0
0%

80%

20%

Juan
cadastrou em:
05/06/2015 17:19:05