Discussão

Discussão Jorge Luis Borges


Compartilhe


Discussão





A página literária perfeita é a mais precária. Não existe texto literário definitivo. Literatura não é expressão. O inferno não pode ser eterno. Estas são algumas das idéias apresentadas por Borges nesta reunião de artigos, ensaios e notas sobre literatura, filosofia e cinema publicada originalmente em 1392. Aqui, o autor de 'Outras Inquisições' exercita seu olhar sempre surpreendente e sua erudição vertiginosa, capaz de mobilizar com propriedade séculos de literatura em um único parágrafo, para abordar questões metafísicas e estéticas. Ao mesmo tempo, raramente deixa de filtrar os assuntos através de um humor refinado, em especial quando atava com sutileza as idéias prontas ou dominantes no campo do pensamento.

'Discussão' ganhou alguns acréscimos em reedições posteriores, entre os quais se destaca "O escritor argentino e a tradição", texto de uma palestra feita em 1953, em que Borges, numa defesa implícita da acusação de que não era suficientemente argentino (assim como Machado de Assis foi acusado de não ser brasileiro), ataca a noção de literatura nacional definida pela cor local e conclui com o paradoxo: "devemos [...] não nos limitar ao argentino para sermos argentinos".

Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Discussão

Similares

(12) ver mais
Ficções
Primeira Poesia
Prólogos, com um prólogo de prólogos
Outras Inquisições

Estatísticas

Desejam33
Trocam1
Avaliações 4.3 / 34
5
ranking 44
44%
4
ranking 47
47%
3
ranking 6
6%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

56%

44%

fffriedrich
cadastrou em:
30/05/2009 09:45:57