Dívida de sangue

Dívida de sangue Michael Connelly


Compartilhe


Dívida de sangue





Agente do FBI aposentado, Terry McCaleb recupera-se de um transplante cardíaco. Agora, quer apenas viver em paz, longe das aventuras do passado. Até que um dia uma mulher muda o rumo de sua vida. Graciela Rivers adentra o barco em que McCaleb mora para suplicar-lhe que a ajude a descobrir o assassino de Gloria, sua irmã -- uma missão que ele recusa com veemência. Mas Graciela o convence com um argumento definitivo: Gloria doara o coração que agora bate no peito de McCaleb. O ex-detetive sente que tem uma dívida com a jovem morta e lança-se com empenho à investigação, enquanto se envolve com a sensual Graciela. Aquilo que à primeira vista parecia uma caso de violência comum (Gloria fora morta durante um assalto) acaba por revelar-se parte de uma trama arrepiante, mais violenta que os piores pesadelos de McCaleb. Ao mesmo tempo em que vacila em retomar sentimentos românticos que há muito não experimentava, ele começa a fazer suposições perigosas. Talvez as clínicas de transplantes guardem alguns segredos. Talvez a operação que o salvou tenha condenado outra pessoa. Talvez a dívida para com Gloria tenha de ser paga com sua própria vida!

Edições (2)

ver mais
Dívida de sangue
Dívida de sangue

Similares


Resenhas para Dívida de sangue (9)

ver mais
Uma Obra Desacatada Por Um Filme Meia-sola.
on 20/6/11


Sou fã inconteste de Michael Connelly, mas não quer dizer que sempre elevarei suas obras à apoteose. Longe disso. Mas Dívida de Sangue, para mim, certamente está entre as melhores obras do autor. A trama do livro é linear, como são quase todos os livros de Connelly. Contudo, o ingrediente peculiar de Connelly é a sua sóbria capacidade de retratar a investigação policial com humanidade, tato, equilíbrio, de um argumento lógico interessantíssimo, enfim, sem ultrapassar essa linha da mo... leia mais

Estatísticas

Desejam37
Trocam3
Avaliações 4.1 / 115
5
ranking 36
36%
4
ranking 45
45%
3
ranking 17
17%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

39%

61%