Dom Casmurro

Dom Casmurro Machado de Assis


Compartilhe


Dom Casmurro





Dom Casmurro é um romance escrito por Machado de Assis, publicado em 1899 pela Livraria Garnier. Escrito para publicação em livro, o que ocorreu em 1900 - embora com data do ano anterior, ao contrário de Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881) e Quincas Borba (1891), escritos antes em folhetins -, é considerado o terceiro romance da "trilogia realista" de Machado de Assis, ao lado desses outros dois.

Seu personagem principal é Bento Santiago, o narrador da história que, contada em primeira pessoa, pretende "atar as duas pontas da vida", ou seja, unir relatos desde sua mocidade até os dias em que está escrevendo o livro. Entre esses dois momentos Bento escreve sobre suas reminiscências da juventude, sua vida no seminário, seu caso com Capitu e o ciúme que advém desse relacionamento, que se torna o enredo central da trama. Ambientado no Rio de Janeiro do Segundo Império, se inicia com um episódio que seria recente em que o narrador recebe a alcunha de "Dom Casmurro", daí o título do romance. Machado de Assis o escreveu utilizando ferramentas literárias como a ironia e uma intertextualidade que alcança Schopenhauer e sobretudo a peça Otelo de Shakespeare.

Ao longo dos anos, Dom Casmurro, com seus temas como o ciúme, a ambiguidade de Capitu, o retrato moral da época e o caráter do narrador, recebeu inúmeros estudos, adaptações para outras mídias e sofreu inúmeras interpretações, desde psicológicas e psicanalíticas na crítica literária dos anos 30 e dos anos 40, passando pelo feminismo na década de 1970 até sociológicas da década de 1980, e adiante. Creditado como um precursor do Modernismo e de ideias posteriormente escritas por Sigmund Freud, o livro influenciou os escritores John Barth, Graciliano Ramos e Dalton Trevisan e é considerado por alguns a obra-prima de Machado. Além de ter sido traduzido para outras línguas, continua a ser um de seus livros mais famosos e é considerado um dos mais fundamentais de toda a literatura brasileira.

Literatura Brasileira / Romance / Ficção / Ficção

Edições (184)

ver mais
Dom Casmurro
Dom Casmurro
Dom Casmurro
Dom Casmurro

Similares

(102) ver mais
Inocência
Triste Fim de Policarpo Quaresma
Contos
Memórias de um Sargento de Milícias

Resenhas para Dom Casmurro (984)

ver mais
on 5/1/09


Não é Capitu que trai. É Bentinho!!! Só mesmo um escritor com toda a genialidade de Machado de Assis poderia ter criado esse que é um dos maiores enigmas da nossa literatura. Por traz do narrador casmurro ele manipula o leitor. O que Bentinho conta? A história de Capitu? É o que ele quer dar a parecer: a história de Capitu e sua traição. Mas o livro se chama "Dom Casmurro", referindo-se a ele próprio como sendo o desprezado e excluído da boa convivência, quando, na verdade, ele é que ... leia mais

Vídeos Dom Casmurro (39)

ver mais
Dom Casmurro - Machado de Assis

Dom Casmurro - Machado de Assis

10 releituras para 2018 - O que tem pra hoje literário

10 releituras para 2018 - O que tem pra hoje

5 LIVROS PARA FUGIR DA FOLIA | Menino que Lê

5 LIVROS PARA FUGIR DA FOLIA | Menino que Lê

#UFRGS2018: Dom Casmurro do Machado de Assis | Poeira Literária

#UFRGS2018: Dom Casmurro do Machado de Assis


Estatísticas

Desejam2.392
Trocam1.246
Avaliações 4.2 / 63.658
5
ranking 47
47%
4
ranking 29
29%
3
ranking 17
17%
2
ranking 4
4%
1
ranking 2
2%

25%

75%

Helena
cadastrou em:
22/10/2016 19:39:39
Vivi
editou em:
06/12/2016 11:59:54
Vivi
aprovou em:
06/12/2016 12:00:32