Duas tardes

Duas tardes João Anzanello Carrascoza


Compartilhe


Duas tardes





Um delicado fio de poesia perpassa os escritos de João Anzanello Carrascoza. Neles, situações aparentemente corriqueiras do cotidiano tornam-se imagens cinematográficas. Num cenário iluminado por extremo lirismo – cercado de intenções veladas, silêncios, olhares reveladores emoções familiares –, um girar de pião sustenta a ligação entre pai e filho; um almoço entre amigos denuncia os resíduos fundamentais da vida; em meio a uma mudança, o insustentável se revela na vida de um casal; a relação mãe e filho vista no violento cotidiano do morro; é felicidade é fotografada em preto-e-branco.

Contos

Edições (1)

ver mais
Duas tardes

Similares


Estatísticas

Desejam4
Trocam1
Avaliações 3.9 / 13
5
ranking 31
31%
4
ranking 31
31%
3
ranking 38
38%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

28%

72%

Sarah Azevedo
cadastrou em:
01/07/2015 23:14:50