Economia e sociedade

Economia e sociedade Max Weber


Compartilhe


Economia e sociedade





Max Weber é um dos fundadores da sociologia, e provavelmente o maior clássico das ciências sociais no século XX é sua obra Economia e sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva (4. ed. Editora da Universidade de Brasília, 2004, 422 p.). Este resumo se refere ao volume 1 (são dois), que oferece o sofisticado quadro conceitual weberiano em sua melhor performance, e que tem desempenhado papel relevante no desenvolvimento do pensamento das ciências sociais contemporâneas no Brasil.
De fato, esse livro é componente imprescindível na bibliografia de qualquer curso de sociologia, como é de se esperar, porém também se faz leitura basilar em ciência política, história e economia, com um destaque ainda maior para as ciências jurídicas, campo para o qual o conteúdo dessa obra é riquíssimo. Há de se registrar que o próprio Weber foi atuante como Historiador, sociólogo, economista, jurista e político. Para o estudante e estudioso do direito, noções como “ordem econômica” e “ordem jurídica”, por exemplo, quando trabalhadas de forma didática e exemplarmente contrastadas, como Weber faz logo no primeiro capítulo da segunda parte – A economia e as ordens sociais –, são preciosos conhecimentos que servirão para toda a carreira jurídica, tanto no âmbito acadêmico quanto da aplicação do direito. Outro aspecto desse ponto específico é a importância das análises econômicas, em consonância com o direito, para a formação do profissional da área jurídica.
Cabe ressaltar, pois se encontra no título do livro, o que vem a ser a “sociologia compreensiva”, cujos fundamentos são, portanto, estabelecidos exatamente nessa obra. Para Max Weber, a sociologia é a ciência que intenta compreender interpretativamente a ação social (este que é outro conceito fundamental no pensamento weberiano e que é distinto de fato social), visando à explicação causal de seu curso e seus efeitos. A tarefa da sociologia, diferentemente de outras ciências, principalmente as exatas e naturais, é a interpretação da ação em termos de sentido individual, incidindo sobre os fenômenos subjetivamente compreensíveis. Assim, as ciências sociais trabalham no nível da ‘compreensão’ de seu objeto, enquanto as outras mencionadas se ocupam da ‘explicação’ dos fenômenos que fazem parte de seus objetos específicos.
Isso posto, espera-se despertar ainda mais o interesse pela obra ao se oferecer, em linhas muito gerais, outros pontos contidos em Economia e sociedade..., a saber: conceitos sociológicos fundamentais, categorias sociológicas fundamentais da gestão econômica, os tipos de dominação, estamentos e classes, a economia e as ordens sociais (muito relevante para a área jurídica), relações econômicas das comunidades, tipos de relação comunitária e de relação associativa em seus aspectos econômico, relações comunitárias étnicas, sociologia da religião e o Mercado. Conclui-se, portanto, que, exatamente por sua aura de obra imprescindível, a edição em língua portuguesa, integral e atualizada, da obra principal de Max Weber, pela editora da Universidade de Brasília, com tradução de Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa, que utilizaram a quinta edição alemã, que se coloca como a mais completa mediante a incorporação dos resultados de várias décadas de trabalho de pesquisa de fontes, de critica dos textos e de análise do pensamento weberiano, como nos informa a própria editora.

Mais sobre: Economia e sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. Vol. 1

Edições (1)

ver mais
Economia e sociedade

Similares

(13) ver mais
Metodologia das Ciências Sociais
Ciência e Política - Duas Vocações
A Educação Moral
As formas elementares da vida religiosa

Estatísticas

Desejam23
Trocam1
Avaliações 4.1 / 16
5
ranking 31
31%
4
ranking 50
50%
3
ranking 19
19%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

52%

48%

Alexandre Gomes
cadastrou em:
05/02/2011 22:32:58