El pensamiento en espiral

El pensamiento en espiral Victor M. Gavilán Pinto


Compartilhe


El pensamiento en espiral


El paradigma de los pueblos indígenas




O autor Victor M. Gavilán Pinto realiza uma obra de intercruzamentos de cosmovisões de populações indígenas, principalmente do Sul e do Norte das Américas. O seu estilo é permeado por uma filosofia de cuidado e reciprocidade nos marcos dessas populações. Uma obra que auxilia na compreensão histórica, e alinha ferramentas que possam precaver um futuro sustentável para a humanidade.

O pensamento em espiral busca estabelecer uma cultura de direitos individuais e coletivos, por meio de uma conceituação fomentada pelos povos indígenas. As "primeiras nações" são portadoras de uma ciência tradicional que pode complementar (e agregar) o pensamento científico contemporâneo. A conceituação do pensamento em espiral pode se tornar, como uma ferramenta crítica, do pensamento linear ocidental com bases na racionalidade.

O livro "El pensamiento en espiral" se utiliza de citações mitológicas, filosóficas, antropológicas e do campo do direito, principalmente aos contextos dos povos indígenas da América do Norte (lakota, Seatle), América Central (Maya) e da América do Sul (Mapuche, Povos Andinos e Amazônicos).

Educação / Ensaios / Filosofia / História / Sociologia

Edições (1)

ver mais
El pensamiento en espiral

Similares

(13) ver mais
O amanhã não está à venda
Ideias para adiar o fim do mundo
A vida não é útil
Mestre das Periferias

Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 0 / 0
5
ranking 0
0%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

0%

0%

Reticente da Silva
cadastrou em:
14/08/2021 18:03:25
Reticente da Silva
editou em:
09/09/2021 19:58:31

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR