Eleitos, mas livres

Eleitos, mas livres Norman L. Geisler


Compartilhe


Eleitos, mas livres





Uma perspectiva equilibrada entre a eleição divina e o livre-arbítrio

* Deus escolheu uns para a salvação e outros para a condenação eterna?
* O homem tem a liberdade de aceitar ou recusar a graça divina?

O debate teológico acirrado em torno da salvação do ser humano não é novo. Para alguns, Deus em sua sabedoria escolhe salvar ou condenar a espécie humana, sem que ela possa interferir nessa decisão. Para outros, o homem é quem decide aceitar ou rejeitar a oferta da graça divina. Além disso, discute-se ainda a crença comum de que a soberania de Deus e a liberdade humana são mutuamente excludentes.

Nesta obra fundamental, Norman Geisler adverte contra o perigo em render-se a visões extremadas desses aspectos da salvação. O escritor defende uma posição equilibrada sobre essa questão teológica: aceitar a soberania e a presciência de Deus ao lado da responsabilidade humana de escolher ou rejeitar a oferta de salvação.

Edições (2)

ver mais
Eleitos, mas livres
Eleitos, mas livres

Similares


Resenhas para Eleitos, mas livres (4)

ver mais
on 16/11/19


Sinceramente abandonei o debate de argumentos sobre livre arbítrio e Predestinação depois desse livro, ele explanou meu raciocínio sobre o assunto, faz uma argumentação extremamente completa sobre o tema, para qualquer um que goste dessa área deveria ler o ponto de vista de Geisler nesse livro... leia mais

Estatísticas

Desejam39
Trocam1
Avaliações 3.7 / 69
5
ranking 28
28%
4
ranking 36
36%
3
ranking 25
25%
2
ranking 6
6%
1
ranking 6
6%

67%

33%


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR