Elza, a garota

Elza, a garota Sérgio Rodrigues


Compartilhe


Elza, a garota





A PERSONAGEM

Elza é a heroína que não chegou a ser, a anti-heroína que não chegou a ser. Você entende? Um personagem sem narrativa, uma peça de formato grotesco. Impossível encaixar Elza em qualquer tabuleiro: nem à direita nem à esquerda, nem em cima nem embaixo. Não era para ela estar ali. Elza só nos resta lamentar, como um acidente. Sua morte não oferece possibilidade de redenção, é uma morte torpe. Elza morreu como uma cadelinha por engano, por esporte, por despeito, por nada. Ninguém a vingou, a própria idéia de vingá-la é inconcebível. Vingar como? Toda vingança histórica é um epílogo, um 'grand finale' que nos obriga a reescrever a narrativa pregressa a partir desse cabo, transformando injustiça em justiça; caos, em ordem. Como fazer isso com Elza? Em que história ela ficaria confortável? Em que história, me diz?



A SINOPSE

Molina é um jornalista que, aos 43 anos, toma a decisão de se dedicar exclusivamente a ser escritor. Na busca por uma história que valha a pena ser contada, ele conhece Xerxes, que lhe narra sua paixão por uma menina chamada Elza, em meio à Intentona Comunista, quando Luís Carlos Prestes quis tomar o poder e foi derrotado. A história de amor, no entanto, jamais foi consumada: Elza foi assassinada por seus companheiros do Partido Comunista. Neste livro surpreendente, o escritor e jornalista Sérgio Rodrigues, combina literatura e reportagem para criar um romance original e envolvente.



UM COMENTÁRIO

"Elza é uma parte esquecida da história da esquerda brasileira. Intencionalmente esquecida. A Olga Benário que não deu certo. Namorada de Antônio Maciel Miranda, o Miranda, foi acusada de passar informações para a polícia e, por isso, foi estrangulada por um grupo de comunistas, entre eles Francisco Natividade Lyra, o Cabeção. Prestes, sem ter informações objetivas (tudo indica que a garota de 16 anos era inteiramente inocente), mandou matá-la. Não lhe deu qualquer chance de se defender. A frieza de Prestes impressiona o mais frio dos mortais.

Olga e Elza tem algo em comum. A primeira foi morta por um ditador de direita, Hitler. A segunda por um quase ditador de esquerda, Prestes. Olga e Elza têm quatro letras e começam e terminam com vogais, têm duas vogais e duas consoantes, no centro do nome têm duas consoantes. Mas há uma diferença crucial, séria e substantiva: Olga “ganhou” história, Elza só agora, com o livro de Sérgio Rodrigues, começa a ter sua própria história. Quando terminei de ler o livro, pensei: poderia ter 138 páginas a menos. Estava, estou, errado. Elza mereceu todas as 238 páginas. Deixou de ser uma omissão.

A esquerda tem o hábito de dizer: 30 mil mortes (ditadura argentina) e 300 ou 400 mortes (ditadura brasileira) são a mesma coisa. Pois é: mas quando se trata da morte de Elza, o discurso não vale. Uma morte, a de Elza, não vale outra morte, a de Olga. A plebéia, analfabeta, merece ser escondida, para que a aristocrata alemã, russófila, possa ficar no altar da glória histórica." (Euler Bélem, colunista do Jornal Opção - www.jornalopcao.com.br)



Aventura / História do Brasil / Literatura Brasileira / Romance / Romance policial / Suspense e Mistério

Edições (2)

ver mais
Elza, a garota
Elza, a garota

Similares

(1) ver mais
Modotti

Resenhas para Elza, a garota (4)

ver mais
A história / estória de Elza.
on 2/4/18


"Narrado pelo personagem central em terceira pessoa, este livro mescla fatos reais com ficção, deixando para o leitos separar o que é o que. A história / estória de Elza permeia tantas outras histórias / estórias de Xerxes, Camila e Molina, Miranda, Lampião, Vargas, Prestes, Astrogildo, Canelas, Trotski, Lênin, Stalin, Olga Benário, Filinto Muller, entre entre outros. O final é surpreendente e o livro num todo te prende à leitura. Valeu a pena." ... leia mais

Vídeos Elza, a garota (1)

ver mais
| 46 | Elza, a garota (Sérgio Rodrigues) - Quem foi Elza Fernandes?

| 46 | Elza, a garota (Sérgio Rodrigues) - Qu


Estatísticas

Desejam31
Trocam7
Avaliações 3.5 / 72
5
ranking 14
14%
4
ranking 36
36%
3
ranking 43
43%
2
ranking 4
4%
1
ranking 3
3%

37%

63%

Demas
cadastrou em:
29/03/2009 12:27:39

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR