Ensino da gramática. Opressão? Liberdade?

Ensino da gramática. Opressão? Liberdade? Evanildo Bechara




Ensino da gramática. Opressão? Liberdade?


Série Princípios




"Na escola antiga, o professor tratava a norma culta como o único uso válido da língua portuguesa. Hoje, em nome da liberdade, privilegia-se o ensino da forma coloquial.

Evanildo Bechara defende a idéia de que existe opressão nas duas situações, pois apresentar apenas uma dessas modalidades aos estudantes é privá-los da liberdade de escolher qual o registro mais adequado às diversas situações comunicativas. O autor mostra como o aprendizado da gramática é importante para que o falante domine as diversas possibilidades da língua.

Este livro auxilia o professor de português a transformar o aluno em um poliglota em sua língua, capaz de compreender diferentes linguagens e de produzir discursos variados."

Edições (3)

ver mais
Ensino da gramática. Opressão? Liberdade?
Ensino da gramática. Opressão? Liberdade?
Ensino da gramática. Opressão? Liberdade?

Similares

(1) ver mais
Novo dicionário de dúvidas da língua portuguesa

Resenhas para Ensino da gramática. Opressão? Liberdade? (2)

ver mais
O ensino da gramática normativa da língua portuguesa oprime ou liberta?
on 5/3/16


Esta obra, citada em quase todos os trabalhos acadêmicos que tratam do ensino da língua materna no Brasil, nos traz ponderações de um filólogo acerca da liberdade que o conhecimento da língua funcional dá ao falante, transformando-o em um poliglota em sua própria língua; e ao mesmo tempo, acerca da opressão representada pelo modelo fechado de língua padrão como uma única maneira de o falante se expressar. Mas, não se enganem vocês com essa ideia de o nosso filólogo defender a adequaçã... leia mais

Estatísticas

Desejam13
Trocam1
Avaliações 3.6 / 72
5
ranking 22
22%
4
ranking 33
33%
3
ranking 32
32%
2
ranking 11
11%
1
ranking 1
1%

27%

73%