Eu sou o silêncio do mundo (e tão perto de casa)

Eu sou o silêncio do mundo (e tão perto de casa) Luisa Geisler


Compartilhe


Eu sou o silêncio do mundo (e tão perto de casa)


Contém um Conto




Uma das vozes mais originais da ficção contemporânea, Luisa Geisler elabora um conto sobre as raízes familiares e afetivas que criamos durante a vida.

"Eu não gosto muito do Habib's, é o que eu digo para a minha namorada-que-talvez-seria-minha-esposa-se-não-fossemos-um-casal-lésbico enquanto ela já desce do carro. Aqui vai ser muito legal, ela responde, e acrescenta que o McDonald's é mais longe e mais caro. Fico em silêncio. Se continuar, talvez ouça um pequeno discurso sobre o imperialismo americano na indústria do fast-food. Estamos perto da casa da mãe dela, e eu não quero incomodar mais. A tua mãe não mora por aqui? é o que eu digo baixo demais pra Tuca ouvir. Talvez ela tenha ouvido e não tenha respondido. Talvez ela não tenha ouvido. Me desequilibro pelo estacionamento por causa do salto (e do álcool), o que faz com que a Tuca (de alpargatas) fique a uns dois metros na frente. Depois que a gente começou a namorar, nunca mais vi a mãe da Tuca. E a gente deve completar uns três anos de namoro."

Contos / Ficção / Literatura Brasileira

Edições (1)

ver mais
Eu sou o silêncio do mundo (e tão perto de casa)

Similares


Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 0 / 0
5
ranking 0
0%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

100%

0%

Andre
cadastrou em:
18/11/2019 19:59:40