Fabiola

Fabiola Cardeal Nicholas Patrick Stephen Wiseman

Compartilhe


Fabiola


Ou a Igreja das Catacumbas




A história se passa na Roma dos princípios do século IV, durante as perseguições aos cristãos promovidas no império de Diocleciano (284 a 305 A.D.)

A heroína do livro é Fabíola, uma bela jovem de família romana nobre. Ela é mimada por seu pai, Fabius, que não lhe nega nada. Fabíola parece ter de tudo, inclusive uma educação primorosa em filosofia mas, apesar das aparências, ela não está feliz. Um dia, num acesso de raiva, ataca e fere a filha de uma escravo sua, Syra, que secretamente era uma cristã. A fútil menina romana é, entretanto, humilhada com a humildade de Syra, que reage a esta situação com resignação e maturidade. Uma lenta transformação tem início na jovem voluntariosa, que culmina finalmente na sua própria conversão ao cristianismo, levada por Syra e por sua própria prima, Agnes, que é sua grande amiga.

Um outro plano da história trata do jovem Pancratius, um piedoso cristão e filho de um mártir, quando ele mesmo prepara-se para o martírio. O adversário de Pancratius é Corvinus, um colega de escola que irrita-se com a santidade do rapaz. Ele faz tudo para destrui-lo e às comunidades cristãs que se reúnem ocultamente nas catacumbas. Isso inclui anteriormente haver orquestrado o linchamento do professor de ambos, Cassianus, também um cristão. Neste episódio Pancratius teve ocasião de mostrar ao rival o exemplo de perdão cristão, poupando-lhe a vida, logo após a morte de Cassianus.

O maior vilão da história é o enigmático Fulvius, um jovem rico do Leste, que logo revela-se perseguidor dos cristãos, capturando-os para as autoridades em troca da recompensa. Seus objetivos são conquistar a mão de Fabíola ou de Agnes, ao tempo em que visa extirpar os cristãos de Roma. Depois de alguns eventos dramáticos que revelam surpreendentes ligações entre ele e Syra, que na verdade era sua irmã mais nova, há tempos desaparecida, cujo nome verdadeiro era Myriam. Fulvius então abandona sua vida de crimes, convertendo-se ao cristianismo e se tornando um ermitão. [Wikipedia]

Aventura / Cinema / Crime / Crônicas / Drama / Ficção / História / Infantojuvenil / Jovem adulto / Literatura Estrangeira / Religião e Espiritualidade / Romance / Suspense e Mistério

Edições (3)

ver mais
Fabíola
Fabíola
Fabiola

Similares

(61) ver mais
Juliano, o Apóstata
Imperador Juliano
Juliano
O Mártir das Catacumbas

Resenhas para Fabiola (2)

ver mais
A necessidade do martírio
on 21/7/09


O livro narra as últimas perseguições antes do cristianismo se tornar religião oficial, e fala sobre os que preferiram morrer a negar sua fé.São Sebastião tem a sua vida e martirios narrados. É um livro comovente que faz pensar em como devia ser fervoroso o cristianismo primitivo. Mas, também nos faz pensar, se um Deus que exigisse tanto dos seus seguidores, não seria também um senhor cruel .Quanto a mim tenho certeza, que como Galileu preferiria mentir a morrer na fogueira , ou entr... leia mais

Estatísticas

Desejam13
Trocam1
Avaliações 4.1 / 19
5
ranking 42
42%
4
ranking 26
26%
3
ranking 32
32%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

38%

62%

orffeus
cadastrou em:
06/10/2013 16:04:14
orffeus
editou em:
14/06/2020 12:45:01