Faça-me uma festa ou lhe roubarei os balões

Faça-me uma festa ou lhe roubarei os balões Otavio Correa


Compartilhe


Faça-me uma festa ou lhe roubarei os balões





Ramon se muda do interior para BH, e junto de Hugo e Alana, sua “satírica trindade”, vive seus dias de estudante com uma dose elevada de poesia, arte e boemia, se tornando um poeta, nostálgico por uma vida que ele não viveu. Essas e outras mudanças vão transformando Ramon, que começa sua própria trajetória para viver uma vida que faça sentido pra ele.

A história de Ramon surge de uma necessidade: contar a trajetória de um menino que está em busca de sentido na vida, em busca da verdade, pois a vida que ele conheceu não dá mais conta de suprir a verdade que a vida que ele vive agora necessita. A metamorfose de Ramon, um tanto grotesca e quase sem sentido, nasce de uma mistura de experiências íntimas e pessoais de seu criador e outras experiências compartilhadas. O sentimento de solidão, dúvida e desejo é amplificado a partir de experiências reais que ganham novo sentido e dimensão na narrativa.

Em uma jornada de auto conhecimento, em busca do amor, amizade e sentido da vida, ele encontra deus ao encontrar e amar a si mesmo.

Ficção / LGBT / GLS / Literatura Brasileira / Romance

Edições (1)

ver mais
Faça-me uma festa ou lhe roubarei os balões

Similares

(4) ver mais
Os incríveis infortúnios de um escritor aprendiz
O encontro marcado
Budapeste
A Hora da Estrela

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.3 / 2
5
ranking 50
50%
4
ranking 50
50%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

80%

20%

otis.correa
cadastrou em:
18/03/2024 15:37:51
otis.correa
editou em:
14/06/2024 17:28:35

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR