Fala, Galvão!

Fala, Galvão! Galvão Bueno...


Compartilhe


Fala, Galvão!





Polêmico, competitivo, querido. Independente do que pensem a seu respeito, Galvão Bueno é uma das figuras mais marcantes do jornalismo esportivo brasileiro. Seus bordões estão na boca do povo, sua empolgação contagia os torcedores e várias conquistas do esporte nacional entraram para história narradas por ele. Neste livro de memórias, escrito em parceria com o jornalista Ingo Ostrovsky, Galvão fala de sua paixão pelo esporte, sobre como se tornou um “vendedor de emoções” e revela episódios dos bastidores de grandes eventos, incluindo as últimas dez Copas do Mundo e vários Jogos Olímpicos.

Com o tom descontraído característico de suas transmissões, Galvão mistura histórias pessoais e profissionais, como a do menino Carlos Eduardo, que um dia matou aula para ver seu ídolo Pelé treinar, e dez anos depois, reencontraria o rei do futebol no mesmo avião em que faria sua primeira viagem internacional como comentarista, em 1974.

Dividido em três partes, o livro enfoca a experiência do narrador com o futebol e o automobilismo. A terceira é dedicada ao “jeito Galvão Bueno de ser”, na qual o autor detalha como criou seus bordões, fala sobre sua relação com a família, comenta os bastidores do programa Bem, amigos! e destaca o que viu de melhor no esporte nacional e internacional nos últimos 40 anos.

O leitor encontrará episódios surpreendentes sobre ídolos como Pelé, Ayrton Senna, Zico, Ronaldo Fenômeno e Kaká. Grandes atletas como Casagrande, Nelson Piquet, Emerson Fittipaldi, Rubinho Barrichello e Felipe Massa também têm capítulos dedicados a grandes momentos de suas carreiras. O narrador também destaca grandes talentos que viu atuar em diversas modalidades: Jacqueline e Sandra, no vôlei de praia; Giba, no vôlei; Cesar Cielo, Gustavo Borges e Fernando Scherer, na natação; Joaquim Cruz, no atletismo e Oscar Schimdt e Hortência no basquete. Galvão revela também casos saborosos sobre os bastidores das transmissões esportivas e fala de suas parcerias com Reginaldo Leme e Arnaldo Cezar Coelho.

Sem fugir de polêmicas, Galvão relembra momentos como a final da Copa de 1998 e o terrível 7x1 contra a Alemanha em 2014. Fala Galvão! é uma leitura imperdível para todos que se comoveram com as glórias e momentos dramáticos do esporte brasileiro. Estas memórias também revelam como menino que sonhava em ser atleta se tornou umas das vozes mais importantes do país. Emoção é o que não falta nestas páginas.

Biografia, Autobiografia, Memórias

Edições (1)

ver mais
Fala, Galvão!

Similares

(1) ver mais
Casagrande e Seus Demônios

Resenhas para Fala, Galvão! (10)

ver mais
Interessante pelas histórias
on 29/5/15


Gostei do livro pois apresenta histórias desconhecidas de figuras conhecidas do Brasil. O constante tom apaziguador de Galvão (mesmo em episódios publicamente conhecidos como a briga de Reginaldo e Senna ou dele mesmo com Renato Maurício Prado) incomoda bastante. Isto, aliado com os vários nomes de gente de alta patente da globo citados nos dá ideia da personalidade política do Galvão. Não estou menosprezando ou desfazendo da carreira deste ícone da televisão, apenas citando o que me ... leia mais

Estatísticas

Desejam20
Trocam2
Avaliações 3.6 / 88
5
ranking 20
20%
4
ranking 34
34%
3
ranking 38
38%
2
ranking 8
8%
1
ranking 0
0%

79%

21%

Thai
cadastrou em:
27/03/2015 14:29:40