Final do Jogo

Final do Jogo Julio Cortázar


Compartilhe


Final do Jogo





Final do jogo é o título de um dos livros de contos do autor argentino Julio Cortázar, publicado em 1956.

O livro é basicamente um jogo, um jogo para o leitor. E seu último conto "Final do jogo" é simplesmente o final desse entretenimento que se desenvolve enquanto se lê. O livro e seus contos dividem-se em três níveis de dificuldade (I sendo o mais fácil e III o mais difícil), a dificuldade mede-se pelo esforço que se deve fazer para compreender ou crer compreender a cada um de seus contos.

Índice de contos:

I PARTE Continuidade dos parques

* Não se culpe a ninguém
* O rio
* Os venenos
* A porta condenada
* As Ménades

II PARTE

* O ídolo das Cícladas
* Uma flor amarela
* Sobremesa
* A banda
* Os amigos
* O móvel
* Torito

III PARTE

* Relato com um fundo de água
* Após o almoço
* Axolotl
* A noite boca acima
* Final do jogo em:Final do jogo

Edições (2)

ver mais
Final do Jogo
Final do Jogo

Similares

(13) ver mais
O Testamento de um Excêntrico
O Jogo da Amarelinha
Octaedro
Os Reis

Resenhas para Final do Jogo (6)

ver mais
O Apito Final e o Recomeço
on 18/1/14


Fácil, não é. São curtíssimos, os contos. Algo que eu, como leitor incipiente do Cortázar, não esperava. "Final do jogo" é dividido em três partes, e o espaço/tema é apresentado em seis contos na primeira parte, através de atos cotidianos como: ler, vestir-se, sentir a esposa ao lado, envenenar formigas, ouvir choro de bebê, ouvir música no teatro. Em todos esses contos percebe-se uma atuação maior do espaço interior. Já os sete contos da segunda parte não são tão cotidianos assim: d... leia mais

Estatísticas

Desejam57
Trocam2
Avaliações 4.4 / 147
5
ranking 56
56%
4
ranking 37
37%
3
ranking 4
4%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

47%

53%