Fragmentos da Alma em Papel e Tinta

Fragmentos da Alma em Papel e Tinta Pedro Silva


Compartilhe


Fragmentos da Alma em Papel e Tinta





Por onde andei,
Pelos campos, Pelas vilas,
Pelos corredores extensos e salas vazias,
Nas manhãs quentes, Nas tardes frias,
Por entre o povo, ou na deserta cidade hibernal e sombria,
Eu vi o tempo e os contratempos,
O sofrimento e a alegria,
E cada cena, cada beijo,
Cada desfecho da vida,
Gravou em minha memória e em minha alma uma história,
Que coloco hoje em suas mãos em forma de poesia,
É que ao fim de cada dia,
Deixei-me levar, por longos anos,
Por pensamentos e memórias,
Mergulhei no insondável oceano,
Que há nos singelos olhos,
Profundos de quem amo,
E nos acordes do piano,
Perdi-me de forma sucinta,
E deixei escapar pelos olhos,
Um pingente de dor, um fragmento de minha alma,
Sobre o papel e a tinta.

Aventura

Edições (1)

ver mais
Fragmentos da Alma em Papel e Tinta

Similares


Resenhas para Fragmentos da Alma em Papel e Tinta (3)

ver mais
INCRÌVEL
on 1/9/18


Simplesmente fantástico para todos os amantes da poesia. Poemas fortes e sensíveis. Um conjunto cuidadoso de palavras e frases que marcam uma cadência lírica nos leitores. Um livro para ler e reler, e guardar na cabeceira.... leia mais

Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.3 / 2
5
ranking 50
50%
4
ranking 50
50%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

50%

50%

Pedro Silva
cadastrou em:
22/04/2016 00:15:22
Pedro Silva
editou em:
22/04/2016 00:21:40