Getúlio (1882-1930)

Getúlio (1882-1930) Lira Neto


Compartilhe


Getúlio (1882-1930)


Dos anos de formação à conquista do poder




Neste primeiro volume da trilogia Getúlio, o leitor acompanha Getúlio Vargas desde suas origens na pequena São Borja até a tomada do poder federal após a Revolução de 30.

Getúlio Dornelles Vargas (1882-1954) é a figura histórica sobre a qual mais se escreveu no Brasil. No entanto, na copiosa bibliografia dedicada a ele, não havia até agora uma biografia completa, de cunho jornalístico e objetivo, que procurasse reconstituir em minúcias a trajetória pessoal e política do personagem do modo mais isento possível.

A monumental trilogia Getúlio, de Lira Neto, da qual se lança agora o primeiro volume, vem suprir com sobras essa lacuna. Ao longo de dois anos e meio, o autor se debruçou sobre uma vastíssima gama de documentos - muitos deles inéditos ou pouco explorados - para ajudar a decifrar a “esfinge Getúlio” e mostrar como foi possível que convivessem no mesmo indivíduo o revolucionário, o ditador, o reformador social e o demagogo.

Sem desdenhar nenhum tipo de fonte ou arquivo, Lira Neto se serviu de cartas pessoais e memorandos oficiais, de diários íntimos, autos judiciais, boletins de ocorrência, notícias de jornal, anúncios de publicidade, charges, hinos, marchinhas, livros de memórias, entrevistas, depoimentos etc.

O resultado desse árduo trabalho, acompanhado de um mergulho na bibliografia histórica sobre o período, é um relato envolvente, por vezes eletrizante, ao qual o talento narrativo do autor confere a vivacidade e o ritmo de um bom romance.

A herança política caudilhista, sob a égide dos caudilhos gaúchos Julio de Castilhos e Borges de Medeiros; a formação positivista, com uma forte tendência anti-cristã depois abafada por conveniências políticas; as escaramuças da sangrenta política regional gaúcha; o aprendizado da política (e da politicagem) em âmbito nacional na capital da República; as relações ambivalentes com as velhas oligarquias e com a inquietação tenentista; o esboço das ideias trabalhistas e da tutela do estado sobre as relações entre o capital e o trabalho; o desenvolvimento de uma personalidade política ardilosa; a oscilante candidatura de oposição à presidência em 1930 e por fim a Revolução vitoriosa que liquidou a Primeira República e instaurou uma nova era na política brasileira - tudo isso é narrado de modo vívido neste primeiro volume.

Biografia, Autobiografia, Memórias / História do Brasil / Política

Edições (1)

ver mais
Getúlio (1882-1930)

Similares

(19) ver mais
Getúlio 2 (1930-1945)
Getúlio 3 (1945 - 1954)
Getúlio Vargas
Quem Matou Vargas

Resenhas para Getúlio (1882-1930) (27)

ver mais
Descendo do umbuzeiro
on 24/5/12


Uma história ocorrida na infância ilustra com perfeição a personalidade política de Getúlio Vargas. Em uma tarde de 1896, o velho Manuel Vargas recebia em sua estância alguns correligionários em uma das intermináveis reuniões políticas que promovia. De repente, um estrondo chama a atenção de todos. O fazendeiro corre até a sala e vislumbra o retrato de Júlio de Castilhos, o grande líder caudilho gaúcho, caído no chão e semi-destruído. De imediato, o coronel Vargas parte raivoso atrás ... leia mais

Estatísticas

Desejam241
Trocam2
Avaliações 4.6 / 433
5
ranking 64
64%
4
ranking 30
30%
3
ranking 5
5%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

58%

42%

Gasparetto
editou em:
14/06/2018 12:28:33