Getúlio Vargas, Meu Pai

Getúlio Vargas, Meu Pai Alzira Vargas do Amaral Peixoto


Compartilhe


Getúlio Vargas, Meu Pai





Publicado originalmente em 1960, "Getúlio Vargas, meu pai" narra a vida do político gaúcho entre 1923 até 1937 por sua filha e principal confidente. Indispensável testemunho de uma época, as memórias de Alzira são uma leitura saborosa e surpreendente.
Anos depois, Alzira se dedicou a escrever uma continuação, que não terminou. Esses escritos, até então inéditos, estão na segunda parte deste livro e são um material valioso — descrevem episódios como a morte de Getulinho, irmão mais novo de Alzira; o rompimento do Brasil com o Eixo; ou o grave acidente de automóvel sofrido por Getúlio em 1942.
E aos leitores que se debruçarem sobre esses inestimáveis relatos, não restarão dúvidas: Alzira é também uma grande personagem da história do Brasil.

Biografia, Autobiografia, Memórias

Edições (2)

ver mais
Getúlio Vargas, Meu Pai
Getúlio Vargas, Meu Pai

Similares

(34) ver mais
Getúlio Vargas: diário
Getúlio Vargas, meu Pai
O Brasil declara guerra ao Eixo
O Diário de Cecília de Assis Brasil

Estatísticas

Desejam11
Trocam1
Avaliações 4.5 / 2
5
ranking 50
50%
4
ranking 50
50%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

66%

34%

Pedro
cadastrou em:
12/05/2017 10:40:15