Gonzos e Parafusos

Gonzos e Parafusos Paula Parisot


Compartilhe


Gonzos e Parafusos





Uma mulher pode ser pintada de várias formas. Uma mesma pintura pode ser vista por vários ângulos. Isabela é uma mulher como uma pintura de Klimt. Ou seria de Schiele? Ao mesmo tempo linda e grotesca. Uma jovem psicanalista no limite da esquizofrenia, confundindo seus pacientes com personagens, tentando delimitar as fronteiras de seu próprio ser e arrastando-se por um cotidiano frágil no qual cada suspiro é um sufoco. Vive um triângulo amoroso sem amor. Trata da loucura como um efeito colateral da vida. Revê o próprio passado com um desapego suicida, de quem não quer ser condenada à tragédia do dia-a-dia.

Ficção / Literatura Brasileira / Romance

Edições (1)

ver mais
Gonzos e Parafusos

Similares


Resenhas para Gonzos e Parafusos (3)

ver mais
on 1/7/12


Este segundo livro de Paula Parisot é um grande mergulho introspectivo margeado pela loucura. A narração das ações fica em segundo plano e a atenção é voltada para as digressões da protagonista, uma psicanalista e suicida fracassada. Isabela tornou-se depressiva muito nova e um dos seus métodos de combate à doença foi a companhia da literatura e das artes e, assim, sendo a narração em 1º pessoa, seus pensamentos descritos são cheios de referências cultas. Gonzos e Parafusos não é ex... leia mais

Estatísticas

Desejam9
Trocam10
Avaliações 3.4 / 89
5
ranking 19
19%
4
ranking 29
29%
3
ranking 29
29%
2
ranking 19
19%
1
ranking 3
3%

28%

72%

Nalí
cadastrou em:
27/02/2010 16:25:05