Harmada

Harmada João Gilberto Noll


Compartilhe


Harmada





Nesta obra, um ex-ator, num abrigo de mendigos, passa a representar o papel de narrador da tribo, carnavalizando o cotidiano dos seus companheiros por meio de relatos dramatizados. Anos mais tarde, ele passa a produzir, com sua filha adotiva Cris, um monólogo teatral sobre o luto e juntos partem para a cidade de Harmada. Vencedor do Prêmio Jabuti 1994 de Melhor Romance.

Edições (3)

ver mais
Harmada
Harmada
Harmada

Similares


Resenhas para Harmada (3)

ver mais
Na cascata da vida
on 13/11/09


Um caminho leva a outro que leva a outro que leva a outro. São todos diferentes, mas todos são caminhos. Minto. Digo que é caminho, porém é mais pra descaminho. O que importa? Não as preferências. Preferências não cabem no romance Harmada de João Gilberto Noll. Uma vida assim, uma vida assada? Invento-a desta forma: o sentido é dar espaço ao inesperado, ao inusitado, ao que chega de supetão e corta um segmento da nossa existência, marcando ali uma virada, uma curva incontornável que se... leia mais

Estatísticas

Desejam33
Trocam1
Avaliações 3.5 / 127
5
ranking 21
21%
4
ranking 32
32%
3
ranking 32
32%
2
ranking 11
11%
1
ranking 3
3%

58%

43%

Emmanuel
cadastrou em:
09/01/2009 13:35:59