História bizarra da matemática

História bizarra da matemática Luciana Galastri


Compartilhe


História bizarra da matemática


Uma história da Matemática que você nunca viu antes!




Este não é um livro qualquer de matemática. É bem diferente da sua apostila de escola. Aqui, você encontrará algumas histórias que vão fazer sua cabeça girar e a mente gritar em silêncio. Afinal de contas, matemática não é uma coisa simples.
Em História bizarra da matemática, você descobrirá que os conceitos estudados na escola não caíram como uma maçã na cabeça de ninguém. Na verdade, eles surgiram do medo de feijão, de pessoas destemidas que esfregavam o nariz dos inimigos em paredes de igreja e de fanfarrões que amavam jogos de azar, entre outras esquisitices.
Mais ainda, você descobrirá histórias incríveis – por exemplo, como Alan Turing, um homem gay, se tornou o pai da computação – e algumas perturbadoras, como o fato de um patologista que se separou da mulher porque se recusava a se livrar do imenso cérebro de Einstein, que ele carregava em um pote.
A verdade é que geometria, cálculo, algoritmo e probabilidade se tornam muito mais fascinantes quando descobrirmos as curiosidades por trás de cada um. A matemática nada mais é que uma série de personagens curiosos unida pela vontade de enfrentar todo tipo de desafio, por mais bizarro que seja – e solucioná-los.

Literatura Estrangeira / Matemática

Edições (1)

ver mais
História bizarra da matemática

Similares

(3) ver mais
História Bizarra da Literatura Brasileira
História Bizarra da 2ª Guerra Mundial
História Bizarra da Psicologia

Resenhas para História bizarra da matemática (1)

ver mais
Um livro sobre matemática para quem é de humanas.
on 24/11/20


Como a autora diz, é um livro sobre matemática para quem é de humanas, pois pouco se fala da matemática em si. O foco do livro são os principais personagens históricos ligados à matematicas, suas (breves) e curiosas biografias e a contribuição que deram tanto à matemática quanto a outras ciências. O tom do livro é um tanto juvenil, mas nada grave para quem não vai ler o livro com pretensões acadêmicas. A palavra "bizarra" no título é, na minha opinião, exagerada, e só está lá porque o... leia mais

Estatísticas

Desejam44
Trocam2
Avaliações 4.1 / 16
5
ranking 44
44%
4
ranking 38
38%
3
ranking 19
19%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

25%

75%

Anna
cadastrou em:
15/01/2020 10:19:24
Pri Paiva
editou em:
17/01/2020 13:41:46
Pri Paiva
aprovou em:
17/01/2020 13:46:28