História da Eternidade

História da Eternidade Jorge Luis Borges


Compartilhe


História da Eternidade





Esta obra vem enriquecida de outros trabalhos, que revelarão ao leitor brasileiro diferentes facetas do gênio ensaístico de Borges, seja como estudioso da literatura islandesa antiga, seja como teórico da metáfora, seja como teórico da tradução.
História da Eternidade, de Jorge Luís Borges, reúne alguns ensaios eruditos principalmente sobre a noção de Eternidade, seus defensores e detratores surgidos ao longo do curso histórico do pensamento metafisico e da arte literária, bem como sobre a problemática da circularidade do tempo e a possibilidade de tempos múltiplos igualmente verdadeiros, igualmente falsos. A obra constitui uma esplêndida introdução ao universo das inquietações metafisicais do escritor que os seus contos fantásticos, já publicados pela Editora Globo, encerram, com igual poder de depuração estilística. Se por um lado, esses relatos borgianos rompem deliberadamente as fronteiras entre o ficcional e o ensaístico, renovando desse modo a literatura de imaginação em língua espanhola, por outro lado os ensaios do autor não são destituídos de qualidades ficcionais,. Isso se torna possível em virtude da ousadia e da engenhosidade com que ele converte, de maneira pouco ortodoxa, a substancia das graves doutrinas dos filósofos em matéria de seus jogos mentais e de sua irônica argumentação acerca das tentativas do homem, produto do Tempo, pensar a Eternidade e penetrar, impotente, mas audacioso, no plano divino do Universo.

Contos / Ensaios / Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (5)

ver mais
História da Eternidade
História da Eternidade
História da Eternidade
História da eternidade

Similares

(5) ver mais
Prólogos, com um prólogo de prólogos
Outras Inquisições
O Fazedor
O outro, o mesmo

Resenhas para História da Eternidade (4)

ver mais
Ensaismo Fantásico
on 19/7/10


Jorge Luis Borges mergulha na metafísica, um assunto que parece se desmanchar em mãos menos prudentes, e vai buscar as teorias da eternidade desde o começo da História, destrinchando uma por uma, inclusive a do Eterno Retorno de Nietszche, a qual considera a mais absurda. Há também, no pseudo-ensaio "A Aproximação a Almotásim", uma certa forma de eternidade, onde um indivíduo procura indefinidamente um reflexo de personalidade que julga ter visto em outra pessoa - tarefa que seria poss... leia mais

Estatísticas

Desejam75
Trocam1
Avaliações 4.2 / 141
5
ranking 44
44%
4
ranking 34
34%
3
ranking 19
19%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

55%

45%

wagner
cadastrou em:
07/03/2012 06:01:58
W.Filho
editou em:
23/04/2019 17:51:34